Uma pequena dica

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

Estou a escrever um livro e uso os mais diversos dispositivos: um PC Windows, um Mac, um iPhone e um iPad. Escrevo sempre em ficheiros simples de texto, sem qualquer formatação, nem dependência de aplicações ou formatos proprietários.

Há alguns milhares de palavras atrás, o editor de texto que uso no iOS começou a lerpar com o tamanho do texto. Ainda assim, aconselho vivamente o iA Writer. Não sei se outras aplicações conseguirão lidar melhor com textos tão grandes (e incluir integração com Dropbox), mas não interessa muito, porque resolvi o problema separando o livro em bocados; eu não estou propriamente a escrever com uma estrutura tradiconal de parágrafos, portanto separei a olho.

Recentemente, aprendi a juntar estes bocados todos, no Windows, para obter um ficheiro consolidado de tudo o que escrevi, o que me permite ter uma versão que posso ler de cima abaixo (embora já me leve cerca de quatro horas a ler tudo), e fazer contagem de palavras e etc.

Se por um mero acaso houver por aí alguém na mesma situação a quem este comando possa dar jeito, aqui fica. Primeiro, estou a dar nomes aos ficheiros segundo o seguinte esquema: p##.txt, em que “p” é de parte e ## é um número com 0 à esquerda nas unidades. Tenho outros ficheiros, como px01 e px02, que são partes extra, mas não interessa, porque desde que comecem todos por “p” é facílimo juntá-los num só.

Basta abrir a linha de comandos e correr: type p*.txt > consolidado.txt

O comando type vai escrever todos os ficheiros começados por “p”, com a extensão .txt para dentro de um novo ficheiro chamado consolidado.txt. Os originais ficam intactos, claro.

Há certamente 300 maneiras de fazer isto num unix, mas como estas coisas são menos comuns para utilizadores de Windows, decidi partilhar, já que é útil.

Caso tenham curiosidade, ultrapassei as 53 mil palavras ainda ontem. Diz que o problema de muitos autores é que escrevem demais, com livros de 150 mil e mais palavras, que depois são rejeitados pelos editores, eu devo ser muito lacónico, porque estou com o objectivo perto das 80 mil e já é muito puxadinho.

Tags

Deixar comentário. Permalink.

8 comentários a “Uma pequena dica”

  1. Raul says:

    Conheces isto?
    https://leanpub.com/
    A abordagem que descreves (ficheiros de texto separados e sincronização com dropbox) é basicamente o que eles fazem, mas com uma série de ferramentas adicionais. Espreita.

  2. Carlos says:

    Não sabia que dava pra fazer isso no Windows :)
    Troca o type por cat e tens o comando em unix :)

  3. Ricardo Ferreira says:

    Bom dia Pedro!
    Boa sorte para a empreitada…. :)

    Podes experimentar dar uma olhadela ao LaTeX (é mesmo assim), que basicamente é um texto “programado”. Podemos ir escrevendo num bloco de notas, e ir consolidando num único ficheiro. As vantagens ? É um formato open source, e fica sempre com uma aparência impecável.
    Desvantagens ? Tem uma curva de aprendizagem, já que é semelhante a um html.

    Um abraço e continuação de bom trabalho
    Ricardo

  4. Pedro Rebelo says:

    Ora bem, assim como quem não quer a coisa, explica-me lá porque raio estão os comentários fechados no post do aniversário?
    Está para aqui um gajo com vontade de mandar uma daquelas tiradas 5 estrelas tipo “Ah e tal, estamos cronologicamente bem dotados é o que é..:” e pimba. Nada. Os comentários estão fechados… Porquê?

Deixar um comentário

Redes de Camaradas

 
Facebook
Twitter
Instagram