Para que fique registado

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

Durante os primeiros tempos de banhos, valia tudo, depois, o Tiago ganhou aversão a água na cara, o que me impediu de lhe dar duche e tornou incontáveis lavagens de cabelo num verdadeiro pesadelo.

Algumas vezes, enquanto o deitava para trás para lhe molhar ou enxaguar a cabeça, chegava a gritar desesperado que não conseguia respirar. Fobias…

Ainda não suporta água na cara, é verdade, mas em Junho deste ano começou a aceitar o duche e agora, já consigo lavá-lo todo com o chuveiro, incluindo o cabelo, desde que lhe passe uma toalha para que seque imediatamente a cara.

Para mim, que já lhe dei bem mais de mil banhos, é um alívio. Gasta-se menos água, menos tempo e dá-me menos cabo das costas.

Portanto, aos 4 anos, em Junho de 2011, o Tiago tomou o primeiro de, certamente, muitos duches, da sua vida.

Tags

Deixar comentário. Permalink.

10 comentários a “Para que fique registado”

  1. Tiago Pires says:

    “Para que fique registado”… aqui aos dois e meio já salta sozinha para a piscina. :-p

  2. Daniela says:

    O Goncalo tem 7 e apesar de também saltar sozinho para a piscina, abomina agua na cara e tem que a secar de imediato. Conheço muito bem essa fobia :)

  3. VDIAS says:

    O que tem que aturar um pai nos dias de hoje…

    Já me imagino eu a fazer uma fita assim quando era puto… O meu pai tirava-me a fobia em segundos…

    Ainda hoje tenho fobia a nalgadas!

    ROTFL

    • Felizmente, hoje já não se tratam os miúdos à chapada por tudo e por nada. Não são animais de estimação, são pessoas.

      Pensando bem, o meu pai também não me educou à chapada, felizmente.

  4. VDIAS says:

    O meu também não… mas uma boa nalgada cura tudo… ;)

  5. Jill says:

    Os animais de estimacao tambem nao sao para tratar a’ chapada! Sao para estimar, como o proprio nome diz.

  6. artur says:

    Àgua na cara é a tortura do afogamento simulado. O Tiago é contra isso, claro!
    Uma nalgada não resolve nada, mas sublinha a presunção do pai em relação ao filho – presunção de domínio, falso…

Deixar um comentário

Redes de Camaradas

 
Facebook
Twitter
Instagram