WD TV Live

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

Como parte do meu esquema de rede multimédia doméstica, comprei um media player para ter na sala e ler os vídeos, música e fotos instalados na NAS.

Depois de alguma investigação, optei pelo WD TV Live porque tinha um bom equilíbrio de funcionalidades e preço, sendo um dos dispositivos com boas reviews que tinha preço mais acessível.

Não estava particularmente interessado em ter uma coisa muito complexa que fizesse media library e movie sheets e essas coisas todas. Desde que tocasse o máximo de formatos de ficheiros possível e lidasse bem com vídeo HD, chegava-me.

A caixinha é pequenina, praticamente cabe numa mão aberta e o comando é ainda mais pequenino. Tenho-a ligada à ethernet gigabit com um cabo cat5e, o áudio está em passthrough por fibra óptica para o amplificador e a imagem, por HDMI, para a televisão.

O uso primordial que lhe dou é o acesso, por samba, ao volume da Synology para tocar vídeo. Era algo que costumava fazer com a PS3, usando um servidor DLNA a correr num PC (o ps3 media server). Como a NAS também tem um servidor DLNA, essa opção está disponível, se a quiser usar.

Vale a pena?

O WD TV Live faz praticamente tudo o que esperava dele e que mencionei acima. Não me preocupo com o formato dos ficheiros, porque ele toca tudo. Lida muito melhor com HD do que o meu setup anterior, permitindo-me, por exemplo, fazer fast-forward e rewind em ficheiros 1080p, sem dificuldade, coisa que com a PS3 acabava sempre mal.

Notei também que alguns vídeos, que no meu setup anterior tinham o áudio des-sincronizado com a imagem, agora tocam em sincronia sem problema.

[myads]

Não costumo ver vídeos com legendas, a menos que sejam numa língua que não domino, mas com a PS3, por exemplo, ver o Død Snø foi impossível, porque o render das legendas, pela rede (na altura estava na outra casa, com 100 Mb), dava cabo da performance. No WD TV Live, legendas não têm qualquer impacto notório na performance.

Ainda não testei muita música, mas o que já testei, tocou. Fica a faltar um teste mais aprofundado de vários formatos… tenho alguma curiosidade sobretudo sobre a capacidade de tocar FLAC, que é anunciada pela WD, mas só depois de testar é que vou ver como corre.

E depois, a grande desilusão do WD TV Live: a fotografia. Já copiei grande parte da nossa colecção de fotos digitais para a NAS, mas não consigo ver quase nenhuma na WD TV Live. Não sei qual é o limite de resolução a partir do qual aquilo não lida com as imagens, mas é muito frustrante tentar ver um simples jpeg saído da D200 e ver uma mensagem de erro.

Não fico mais chateado porque não é esta a função principal deste dispositivo cá em casa e a razão pelo qual efectivamente o comprei está validado.

Por 80 euros, não me arrependo da compra. Faz o que quero, quase sem problemas – se tivesse um “go to”, que me permitisse saltar para qualquer momento no meio de um vídeo, seria ainda melhor, mas tirando isso e a óbvia falha com as fotos foi uma boa compra.

Noutra oportunidade, provavelmente, investigarei outros modelos, mas por agora, este serve.

Tags

Deixar comentário. Permalink.

11 comentários a “WD TV Live”

  1. Carlos Fonseca says:

    Tenho a primeira versão, sem rede e a experiência é semelhante. Gosto muito do bicho, tenho-o ligado a um HDD permanentemente mas tenho que ir lá passar coisas para o computador… normalmente tenho lá as séries que ando a ver de seguida as que acabaram de sair meto numa pen, ligo lá e vejo. O som em certos videos fica um pouco out of sync, não percebo quando acontece. Também já tentei ver fotos… nunca levei com uma mensagem de erro mas aquilo é tão lento que não vale a pena…

    Gostava que tivesse rede, dava jeito… mas não tenho ethernet até à TV e tenho as minhas dúvidas quanto à performance pelo wifi-g que tenho…

    Boa review!

  2. Miguel says:

    Isso para mim seria um problema, ando a procura de um player que alem de todos os formatos lide bem ocm fotos e musica. Especialmente fotos, tem alguma sugestão?

    • Aqui o problema parece ser memória. As fotos são de 10.2 MP – nada de absurdo, hoje em dia há máquinas que fazem tamanhos muito maiores – e o WD TV Live não as lê. As specs dizem: “Compressed RGB JPEG formats only and progressive JPEG up to 2048×2048” e eu ainda não fui ver, exactamente, quais as características das minhas imagens, mas não estou disposto a converter milhares de fotos por causa disto.

      Dito isto, a Asus tem uma linha de media players dos quais já li coisas boas, a O!Play (http://www.asus.com/Search/?SearchKey=o!play), talvez valha a pena investigar.

      Mas não posso garantir que lidem bem com fotos, para isso é preciso investigar, pesquisar reviews, andar em foruns… ou esperar que apareça alguém aqui no blog que saiba dar umas dicas :)

  3. codedmind says:

    Viva Pedro,

    Para a próxima compra uma tv já com o leitor integrado :)

    Tenho uma da samsung (tb vai ler ao nas) e nada de problemas em filmes mkv e avis 720p e 1080p muito boa compra. Na altura tive essa preocupação de reduzir ao máximo equipamentos extra e o leitor que vem na samsung tem-se mostrado muito capaz e tem actualizações de firmware com alguma frequência.

  4. Em@Desert2 says:

    Instala o Showtime na PS3 (HTPC Media Player) e podes guardar o WD TV Live ;)
    Playback of video and audio
    View photos and images in slideshow mode
    Live TV streaming from Tvheadend
    Spotify integration

Deixar um comentário

Redes de Camaradas

 
Facebook
Twitter
Instagram