Macacos sem galho

iRobot Roomba 560 review

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

If you want to read this review in english, please check out this page.

Finalmente, a crítica que três ou quatro pessoas esperavam.

Comprei um Roomba 560 há cerca de seis meses, no final de 2007, para lidar com os intervalos entre vindas da minha fantástica mulher a dias. Com o Tiago pequeno e seis gatos em casa, aspirar era essencial, para manter o chão limpo para o bebé, mas pouco prioritário na nossa lista de tarefas cada vez maior.

O Roomba parecia a solução ideal. Vi e revi sites, vídeos e comentários e fiquei convencido que era um bom investimento, apesar do preço elevado. Vejamos então, em detalhe:

Dimensões e autonomia

O Roomba não é muito grande nem muito pequeno, se o segurar com as duas mãos contra o peito, tem mais ou menos a largura do meu tórax. Também não é pesado e transporta-se facilmente com um só dedo enganchado por baixo de uma das cavas das rodas. (Nota: o Roomba tem uma pega, no topo, que eu ainda não tinha descoberto, obrigado ao comentador que o apontou)

A base de carregamento e transformador são quase desprezáveis em termos de espaço ocupado, mas é preciso ter em consideração que o robot precisará de um espaço para estar “em repouso”. Não é algo que se meta numa prateleira e, porque deve estar sempre ligado à corrente, não é prático guardá-lo numa despensa onde habitualmente não há tomadas.

A autonomia anunciada do Roomba é de três quartos. Ou seja, a unidade é suposto aspirar três quartos antes de precisar de ser recarregada. Esta é uma medida difícil de confirmar, visto que poucas vezes usei o aspirador com o objectivo de aspirar três quartos de seguida, mas diria que me parece aceitável acreditar no que diz o manual.

Pelo menos dois quartos de seguida, aspirados de ponta a ponta, já confirmei que faz, sem ficar descarregado.

Potencia e capacidade

O aspirador é bastante potente e apanha bem o lixo. Evidentemente, não se pode esperar que aspire objectos grandes, mas com pó, cabelos, areia e toda a espécie de pequenos detritos é excelente. Depois de uma passagem, o quarto fica com um aspecto limpo como com qualquer outro aspirador.

Poderão haver locais menos bem limpos, mas isso geralmente significa que o robot não lhes conseguiu aceder devidamente. Cantos com batentes de portas são sítios complicados, por exemplo, embora ele consiga na maior parte dos casos, passar por cima do batente.

A capacidade é que não é muita, como seria de esperar de um aspirador pequeno. O compartimento do lixo não leva saco e é bastante pequeno. Se a casa não estiver muito suja, isto não é grande problema, mas se houver muito pó e pelos de animais no chão, é possível que o robot tenha que ser vazado a meio da limpeza.

Vazar o compartimento do lixo não é muito prático, uma vez que assim que se remove a gaveta, esta está aberta e podem cair detritos com muita facilidade. Convém ter alguma forma de abrir o compartimento já sobre um balde de lixo, por exemplo.

Navegação e resolução de problemas

Aqui é que o Roomba começa a ter sérios problemas. Este aparelho é extremamente eficiente numa sala completamente vazia, sem quaisquer obstáculos e essa eficiência vai caindo a pique, conforme os obstáculos vão aumentando em número ou complexidade.

Parece óbvio, mas não deixa de ser um pouco frustrante; pelo seguinte: já seria de esperar que o Roomba não conseguisse dar a volta a certos obstáculos, mas o que é realmente mau é que o robot não é muito difícil de encravar.

Temos cá em casa uma mesa com um pé central de base cónica que o robot sobe, ficando inclinado. E, embora tenha vários métodos para tentar safar-se de tal situação algumas vezes não consegue voltar a descer o plano inclinado e desliga-se, ficando à espera de ajuda.

O mesmo acontece com um suporte para guitarra que tem um pé inclinado e com fios eléctricos que ocasionalmente ficam enrolados nas escovas.

Tapetes finos também não são da preferência do Roomba, que os leva à frente, dado não terem peso nem atrito suficiente para ficarem no sítio.

Finalmente, aconteceu já algumas vezes o Roomba conseguir entrar para baixo de um móvel por um lado e depois ficar encravado do outro, porque com os anos, a madeira abaulou e no ponto por onde o robot tentou sair, o móvel está mais baixo que por onde ele entrou.

A verdade é que, para um funcionamento perfeito, o Roomba envolve algum trabalho: há que remover o máximo de obstáculos do chão, sejam brinquedos, almofadas, livros ou revistas, garrafas, poufs, etc. Quando quero uma limpeza como deve ser, gasto sempre 5 ou 10 minutos a tirar o máximo de objectos do chão e colocá-los em cima da mesa, ou do sofá, para abrir o maior espaço possível para o robot andar em paz.

Light-house/Virtual Wall

Estas pequenas unidades funcionam muito bem. São pequenas torres de plástico, mais ou menos do tamanho de uma caneca de louça, que levam pilhas e “acordam” sempre que o Roomba é colocado em andamento.

Em modo light-house, criam uma barreira entre áreas (um quarto e o seguinte, por exemplo), gerindo o tempo de aspiração do robot. Quando uma área está aspirada convenientemente, a light-house deixa o Roomba passar para a área seguinte e impede-o de regressar à anterior. Até estar tudo bem aspirado, a light-house não deixa o Roomba passar.

Já usei este modo para aspirar dois quartos e o hall que os liga, colocando uma light-house em cada porta de quarto e depois o robot a aspirar num dos quartos. Ele limpa o quarto, quando está limpo, a light-house deixa-o passar para o hall e depois, a segunda deixa-o passar para o último quarto.

Ou seja, as light-houses funcionam em sequência: quarto 1, quarto 2, quarto 3, não havendo risco de o robot estar sempre a passar entre os dois quartos que já estão limpos.

Em modo Virtual Wall, a unidade funciona apenas como barreira de onde o robot não passa.

Estes pequenos aparelhos têm um alcance regulável através de um interruptor (3 distâncias diferentes, conforme o espaço que queremos bloquear – a distância mais curta serve bem para a ombreira de uma porta), e a configuração do modo Virutal Wall ou Light-House, via um segundo interruptor.

Durabilidade

É aqui que tudo vem por água abaixo, pelo menos com o meu 560.

Ao fim do primeiro mês de utilização, a escova rotativa que empurra o lixo para baixo da unidade, já tinha perdido três dos seus braços e teve que ser substituída (o 560 trás uma escova extra). No entanto, é verdade que a escova de substituição continua intacta passados cinco meses, mas o que se passou com a primeira não foi bom augúrio.

Mas o pior mesmo é que, recentemente, depois de seis meses de vida, o Roomba começou a queixar-se da roda esquerda (por vezes o robot pára ou recusa-se a iniciar e uma voz gravada ou uma série de bips informa-nos de qual é o problema). Depois de verificações e limpezas à dita roda e um funcionamento intermitente do robot, a roda esquerda deixou mesmo de funcionar e agora o robot limita-se a rodar sobre si mesmo com a roda esquerda como eixo.

Confesso que o aparelho me parece bastante bem construído e bem pensado: todas as peças são modulares e facilmente desmontáveis. Cada roda tem o seu próprio motor e portanto é fácil de substituir, tendo um simples encaixe eléctrico para receber corrente da unidade central.

Das duas uma: ou tive azar com o meu robot, ou o Roomba não foi feito para lidar com uma casa com seis gatos e uma criança de um ano. Seja como for, fiquei um pouco desapontado e resta-me agora esperar para ver o que faz o apoio técnico da iRobot, com quem já contactei e aguardo resposta.

Em Resumo

Prós:

  • Pequeno e não muito pesado, cabe entre pernas de cadeiras e debaixo de móveis
  • Simples de operar: pode aprender-se a usar tudo, ou simplesmente carregar num botão e já está
  • Eficaz: é um bom aspirador, suficientemente potente para limpar uma sala suja
  • Autónomo: aguenta limpar três quartos de seguida e se tiver a doca à vista, vai carregar-se sozinho
  • Não é muito barulhento: é possível ter uma conversa na mesma sala onde o Roomba está a aspirar
  • Seguro: desliga-se, quando não consegue resolver um problema ou sair de um canto
  • Prático: quando corre tudo bem, é óptimo podermos sair de casa e saber que voltamos e está tudo aspirado
  • Modular: desmonta-se tudo com facilidade, para limpar e fazer manutenção
  • Flexível, sobretudo com o programador de calendário e os “light-houses”

Contras:

  • Não é tanto “click and go”, como possa parecer: convém remover obstáculos do chão primeiro, ou ter uma casa tipo revista de decoração
  • Compartimento de lixo muito pequeno: dá para o gasto, mas apenas se a casa não estiver muito suja
  • Dificuldade em lidar com alguns obstáculos: cuidado com superfícies inclinadas e cabos eléctricos
  • Não muito fácil de vazar: um deslize e lá vai o lixo todo parar ao chão
  • Caro: 300 euros é o preço de um aspirador manual topo de gama (de algumas marcas…), convém ver o Roomba como um investimento, sobretudo para quem não tem tempo, paciência ou mulher a dias, para aspirar.
  • Pouco durável: as escovas partem-se e no meu caso, o robot avariou (roda esquerda), ao fim de seis meses.

Vou esperar pela resposta do apoio técnico e ver como resolvem o meu problema, após o que actualizarei este post com essa informação que creio ser importante. Todos os aparelhos podem sofrer avarias: alguns assim que se compram, outros meses depois, alguns… anos mais tarde. O importante é saber como o fabricante lida com essas avarias e como trata os clientes.

Espero ter sido útil a quem esteja a pensar comprar um aparelho destes e estou aqui para responder a quaisquer perguntas que tenham.

Actualização: Apoio técnico

O apoio técnico para o Roomba, na Europa, é acessível num site de uma empresa alemã que procede às reparações. A empresa chama-se Digitest e basta preencher um formulário para reportar a avaria do robot.

Toda a experiência de requisição de reparação é complicada e difícil de usar sobretudo porque os textos são automaticamente traduzidos para português e chegam a tornar-se completamente incompreensíveis.

Depois de se conseguir preencher o formulário, recebe-se um número de RMA e um e-mail que nos pede para enviarmos cópia da factura de compra do robot para um número de fax. Não sei em que planeta vivem os senhores da Digitest porque eu não vejo uma máquina de fax há mais de 5 anos.

Das duas vezes que precisei de recorrer ao serviço, respondi ao primeiro e-mail dizendo que não tenho acesso a fax e perguntando se posso enviar a factura por e-mail. Este mail não obteve resposta de nenhuma das vezes, mas um dia ou dois depois recebi um novo e-mail informando (em português auto-traduzido), que a minha etiqueta de devolução UPS está pronta.

Há então que imprimir a etiqueta, embalar o robot na caixa original com a cópia da factura com o RMA escrito, lá dentro. Por fora, cola-se a etiqueta da UPS.

Depois, no site da UPS requisita-se uma recolha e vem um condutor da UPS buscar o robot que segue, alegremente, para a Alemanha.

Nada disto é pago, todos os custos são suportados pela Digitest—pelo menos até agora, visto que o meu robot ainda está na garantia.

Depois de reparado, o robot é devolvido também via UPS. Todo o processo é muito rápido e eficaz, embora a comunicação com a empresa que procede à reparação seja extremamente ineficiente.

Não sei o que acontecerá com robots fora da garantia, mas tendo em conta que o meu já se avariou duas vezes em ano e meio, creio que vou acabar por descobrir.

Actualização sobre o apoio técnico:

Ao que parece, a Cleverhouse já presta apoio técnico aos Roombas, em Portugal, publico aqui a informação deixada por João Castro:

Os pedidos de recolha de unidades para reparação deverão ser efectuados de uma das seguintes formas:

- sup.tec@cleverhouse.pt

- Tel: 228 310 796

Junto com a unidade de reparação (que deverá vir completa com todos os acessórios e caixa de origem) deverá ser enviada ficha com os seguintes elementos:

- Identificação da loja
- V/ nº de processo
- Cópia do documento de venda (com data legível)
- Identificação da avaria
- Nº de série da unidade a ser reparada.

Tags

. . . . . . .

Deixar comentário. Permalink.

237 Responses to “iRobot Roomba 560 review”

  1. filipe says:

    Boa tarde, a dita limpeza que nos pedem para fazer, e a qual temos
    obrigação de fazer é na parte do deposito do lixo, e nas rodas, em outra zona, não podemos abrir, pois perdemos a garantia.
    Com certeza a limpeza que o robô precisa deve ser dentro do aparelho, isso já é um problema vosso, pois é sinal que o aparelho não está devidamente isolado para que não entre lixo…. Não posso andar todos os anos a pagar por uma limpeza dentro do aspirador.
    Também segundo a DECO vocês são obrigados a arranjar o aparelho este com ou sem lixo. Sem mais obrigada.

    • João Castro says:

      Caro Filipe,

      Se a sua esposa se chamar Sónia Cristina Mendes, terá a sua resposta hoje.
      Gostaria de esclarecer que a manutenção/limpeza do aparelho a que nós nos referimos é feita toda em zonas acessíveis pelo cliente e nenhuma efectuada dentro do robot que implique a abertura do mesmo.

      Cumprimentos.

    • cristina says:

      Boa Tarde
      Desde Junho que não tenho em meu poder o meu aspirador roomba porque considero que o facto de estar sempre a ficar sem bateria inclusivamente enquanto esteve na oficina para reparação, mandei-o com 30 minutos de autonomia e chegou com 1 a 2 segundos, não é mais que defeito de fabrico.Fiz reclamação à asae e também à deco porque considero que o aparelho tem um defeito de fabrico e até agora ninguém provou nada em contrário, mas estas entidades dizem que não há motivo para reclamação. Em Junho mandei-o reparar mas como o orçamento foi diferente da quantia de dinheiro pedida, recusei o pagamento. Em Dezembro desloquei-me à loja da worten de Loulé, a pedir para o aparelho ser arranjado e que assumiria as despesas.Até hoje ninguém me contactou e sei que na loja enviaram para as oficinas! Que assistência é esta que se podem dar ao luxo de fazer e dizer o que convém? Só interessa vender! E se o problema é da bateria porque não avisam o consumidor que a manutenção do aparelho tem um custo médio de 100 euros por ano?
      Cristina

      • sousal says:

        Não existe de facto uma garantia muito eficaz para a bateria, esta pode durar muito (com uma boa manutenção) como pode “queimar” ao fim de poucos meses. Este tipo de bateria (lítio) deve estar sempre carregada, danificando-se com descargas totais ou quando estão muito tempo sem carga, por isso recomendo:
        Deixe sempre o caminho livre que possibilite o regresso do aspirador à base, este volta quando detecta que a carga já está suficientemente baixa caso contrário gasta mais carga à procura e só se imobiliza quando a carga já é demasiado baixa;
        Nunca deixe o aparelho fora do carregador (base) por longos períodos;
        Não guarde o aparelho descarregado;
        Não delimite a área a aspirar fora do local onde se encontra a base;
        Se possível retire cadeiras e outros obstáculos afim de evitar manobras desnecessárias que gastam mais corrente;
        Limpe regularmente a parte frontal do aparelho para que este detecte facilmente a base.

        • João Castro says:

          Cara Cristina,

          Faço minhas as palavras do Sousal, aconselhando a leitura do manual de instruções onde menciona os cuidados a ter com as baterias. Também não sei quanto tempo tem o seu robot e era importante saber.
          No entanto se quiser mandar um mail para info@cleverhouse.pt, ao meu cuidado e com o seu número de processo da Worten talvez possa ver onde pára o seu robot. Quase de certeza que não estará nas nossas oficinas.

          Cumprimentos.

          • Cláudio says:

            Boa noite. Tenho a minha roomba está a fazer 4 anos. Sempre tive cuidado com as limpeza quinzenal da máquina ,sempre ficou na base após aspirar. Nos últimos tempos, quando retiro a roomba da base, completamente carregada, ela funciona durante 2 segundos, fica com o botão clean vermelho e diz para recarrega-la. 15 minutos depois o botão clean fica novamente verde e 2 segundos depois volta a ficar sem carga. Ao fim de 15 minutos de caga o botão clean fica novamente verde e aí ela já aspira. Visto que á terceira tentativa ela aspira o tempo normal dela, será que o problema é da bateria? O que fazer perante esta situação? Agradeço desde já a atenção que vai dar este comentário. Obrigado

      • De facto, as baterias podem danificar-se com facilidade. Neste e em muitos outros dispositivos com bateria recarregável. No meu caso, um dos meus gatos afastou o robot da base sem que eu me apercebesse e assim ficou mais de uma semana, danificando a bateria.

        Não culpo o fabricante por isso, visto que vai contra uma das indicações claras do manual de instruções.

        • sousal says:

          Essa situação não pode ser considerada “normal”, não quer dizer que as baterias se estraguem com o facto de estarem fora da base mas sim que existe mais probabilidade de avaria.
          No entanto caso essa situação aconteça, podem sempre recarregar o mais que a base consiga, em seguida fazer descargas curtas, ou seja ponham o Rommba a limpar durante pouco tempo para provocar uma pequena descarga e de seguida voltar a carregar, repitam a operação várias vezes.
          Em alguns casos a bateria revigoriza-se e consegue-se mais algum tempo de vida.

          http://www.rtve.es/noticias/20110104/productos-consumo-duran-cada-vez-menos/392498.shtml

  2. Caros amigos, fui hoje confrontado com uma situação que muito me desagrada. Publiquei este post para ajudar as pessoas a tirar dúvidas sobre o Roomba e foi com prazer que percebi que a caixa de comentários se tornou numa espécie de forum de entre-ajuda contando com a participação de profissionais do ramo que aqui se dispunham a tirar dúvidas, entrar em contacto com as pessoas, etc.

    O que vi hoje quando aqui cheguei foi um chorrilho de insultos e de total falta de maneiras de alguns utilizadores, denegrindo o conteúdo deste post, dos restantes comentários e mesmo do meu blog, algo que não tolerarei.

    Suspendi os comentários que me pareceram mais ofensivos e peço que mantenham esse tipo de discussão fora daqui – isto não é um forum público, é um blog privado onde as pessoas discutem livremente mas onde, em última instância, eu detenho a decisão sobre o que se publica.

    Agradeço que mantenham a discussão civilizada e que resolvam desavenças por outros canais.

    Obrigado,
    Pedro Couto e Santos.

  3. rjp says:

    Peco desculpa. Da minha parte nao se repetira

  4. miguel castro says:

    estou a pensar adquirir um aspirador “robot” e este post foi-m mt util…obrigado

  5. Marta Almeida says:

    Bom dia, estou com um pequeno problema com o meu roomba 560, não sei se por aqui alguém me pode dar uma “luz”. Então é assim: tenho chegado a casa e o meu roomba está sem bateria sem ter terminado o ciclo de limpeza, simplesmente está parado numa divisão qualquer. A minha dúvida é se será um problema de bateria ou se será com a própria base, já que por vezes ele também tem dificuldades em voltar a base, parece que não reconhece. Alguém já teve algum problema semelhante, que me possa esclarecer? Obrigada!

    • Maria Papoila says:

      olá Marta!

      Aconteceu o mesmo com o meu roomba, como ainda estava dentro da garantia fui à worten e eles traram do assunto. Entretanto já me telefonaram duas vezes…uma para me dizerem o mesmo que disseram a outras pessoas que já aqui o manifestaram, que o roomba tinha que ser limpo, nao sei que limpeza é, porque até o pó limpei com pano húmido para não haver desculpas, da segunda vez foi para me dizerem que o aspirador não reconhecia a base por causa de estar sujo, como não reconhecia a base a bateria descarregava e estragou-se e adivinha????Tenho que comprar outra bateria, portanto um aparelho que está dentro da garantia e eu já vou com uma conta superior a 100 euros, isto com a maior das latas, mas como me faz falta o aspirador, lá terá que ser, mas é uma vergonha.Depois de tudo tratado vou fazer reclamação junto de quem de direito.

  6. Cristina says:

    Bom dia Marta
    O problema que me descreve conheço-o bem porque comprei o aspirador no mês de Setembro do ano passado. Até hoje já foi 5 vezes a arranjar e neste momento está na worten para o levantar. Não o levanto porque sempre me disseram que o problema do aparelho resulta de má utilização, o que é mentira. Por último, aceitei um orçamento de 25 euros+IVA e agora pedem-me quase o dobro para o poder levantar. Já fiz duas vezes queixa à ASAE. Está tudo na mesma.Só posso esclarecer desta forma, porque penso ser um defeito de fabrico que não é assumido pela entidade vendedora.Boa sorte!

  7. sonia says:

    Boa tarde Marta, não sou perita, mas penso que isso é um problema da bateria, sabe que vem no manual de utilização que o aspirador não pode estar mais de uma semana sem bateria, e deve saber que logo aí a garantia não cobre.Quanto à Cristina, eu tive o mesmo problema em relação à falta de limpeza, não aceitei o orçamento e mandei vir outra vez o aspirador, porque queria ver como estava a dita falta de limpeza, pois, o recipiente e as escovas que devemos sempre limpar após a utilização estava limpa, até que sempre limpo o meu com um compressor, mas como falavam que estava sujo, virei me num sábado à noite, e desmanchei todas as peças que são substituíveis isto é, todas as de cor azul e amarelas, as rodas etc… Qual foi o meu espanto, que estava tudo que metia nojo. Na altura quando me falarão da falta de limpeza, perguntei onde estava ela, mas só me sabiam dizer que era a limpeza que eu devia fazer, nunca me disseram que deveria limpar também em outros lados.
    O pior de tudo, é que vejo todas as pessoas a falarem do mesmo, cada vez que o aspirador vai à casa, pedem sempre 25euros+ IVA para poderem diagnosticar o problema. Alguma coisa está mal.

    • João Castro says:

      Bom dia a todos,

      Eu poderia estar aqui a repetir a resposta da Sónia, mas a mesma está correctissima. No entanto gostaria de acrescentar duas informações. No manual de instruções está claramente mencionado quais os pontos do robot que necessitam de manutenção. Estamos a falar das paginas 20 e 21 para quem tem os modelos 530, 560 e 580 e 10 e 11 para quem tem os modelos 520, 555, 563 e 581.
      Relativamente à questão do débito de 25€+Iva, este valor não é debitado para se poder fazer o diagnostico. Este valor é debitado para se fazer na assistência técnica algo que é da responsabilidade do cliente (manutenção do robot) e algo que se não for feito interfere nos resultados do software de diagnostico. Ou seja, se um robot chegar à assistência técnica com a manutenção por fazer, não é possível correr com o software de diagnostico.

      Espero ter sido claro.

      Cumprimentos.

      • Marta Almeida says:

        Sónia, obrigada pela sua resposta. O meu Roomba está programado para aspirar todos os dias, logo nunca fica sem bateria. Por vezes tem é uma certa dificuldade em “ancorar” à base, daí a minha dúvida se seria a bateria avariada ou se seria a base que não está a fazer o carregamento correcto. Ontem por exemplo acabou o ciclo de limpeza e voltou à base sozinho, hoje para experimentar, deixei-o a carregar directamente, sem o ligar à base, vamos ver como se comporta.
        Em relação à limpeza e garantias não posso opinar muito, porque quando ele avariou o ano passado mandei-o para a Alemanha e mandaram-me um novo. Não tive qualquer tipo de problema, nem qualquer custo.

        • Carla says:

          Boa tarde
          Estou a pensar em adquirir um roomba, só não sei onde o comprar, pois os preços variam muito de loja para loja. O meu maior receio prende-se com a garantia do mesmo, mas ao dizer que o enviou para a Alemanha, permita-me perguntar-lhe onde o comprou e qual o procedimento, caso o mesmo se avarie.
          Agradeço a sua atenção.
          Cumprimentos, Carla

    • sousal says:

      Estas baterias devem estar sempre carregadas e podem manter-se assim durante vários dias, considerando que esta se descarrega muito lentamente ao longo do tempo.
      Não deve ter descargas profundas é por isso que quando atingem 80% da sua descarga entre em modo de procura da base.
      Aconselho, por isso, aspirar pouca área de cada vez e desse modo fazê-lo voltar a base sempre que ele desejar, dessa forma não provocará descargas profundas e aumenta a vida útil das baterias.
      O meu, já fez um ano com 0 problemas.

  8. sonia says:

    Ola Marta, realmente já tenho ouvido falar que quem manda os roomba para a Alemanha normalmente não tem estes problemas, toda a gente se queixa da assistência técnica aqui em portugal, os preços e orçamentos enfim a cantiga é sempre a mesma. Ate na formação que dão aos empregados nas lojas que os vendem alertam que isto esta sempre a acontecer.
    Quanto ao problema da bateria falei assim porque como estivemos em tempo de ferias muitas pessoas se esquecem de desligar os aparelhos e depois eles ficam em qualquer parte da casa sem ir a bateria carregar, talvez não seja esse o caso, mas já vi acontecer.Eu ainda não mandei arranjar o meu, nem sei onde, o que é certo é que isto é um brinquedo caríssimo e da qual eu não sobrevivo sem ele, da-me um jeito enorme. Acho que o vou enviar para a Alemanha também.Boa sorte.

    • Carla says:

      Boa tarde, Sónia
      E como o faço? Qual a empresa a contactar? Posso comprar o meu Roomba em qualquer lugar, e em qualquer país? É que os preços variam muito de loja para loja, e de país para país!
      Obrigada.

  9. Cristina says:

    Boa noite
    O meu romba tem dado sempre problemas como já expliquei. Já percebi que se não levantar o aspirador com o preço que quiseram dar vou ficar sem ele. Provavelmente não vou levantá-lo. Mas tenho que dizer que comprei o aspirador na worten, muito mais caro que do que se o adquirisse on line porque julguei que a garantia fosse mais eficiente. Mais! Ainda adequire uma extensão da garantia. Para quê? Para ser cobrada a mão-de-obra e o transporte? Pelo menos aprendi a lição que estes aparelhos devem ser adequiridos onde forem mais baratos, porque infelizmente em Portugal tudo é teatro, na realidade o consumidor só serve para comprar, porque garantias não há nenhumas.
    Desculpem estes desabafos, mas não me vou calar.

    Cristina

    • Cristina says:

      Boa noite
      Já vi os vídeos relativos à limpesa do aspirador e eu sempre assim procedi. Após reflectir bastante sobre o facto de levantar ou não o aspirador romba na worten apesar de ter de pagar mais do que o orçamento que me foi dado, eu posso levantá-lo até 27 de Dezembro. Assim e uma vez que o aspirador num ano teve um trabalho efectivo de 3 meses, os restantes esteve em reparação e se a oficina que repara os aspiradores em Portugal é de confiança eu vendo o aspirador acabado de chegar da reparação por apenas 200 euros incluindo o porte de envio ( desde que seja para Portugal ). Basta informar-me através deste site, que eu depois entro em contacto com algum eventual interessado.

      • sousal says:

        Viva.
        Só deve pagar pelo orçamento por si aceite.
        Caso não o queira fazer são obrigados a devolver o produto em causa da forma em que se encontrava no momento da recepção.

  10. sonia says:

    Olá Cristina eu também fiz barulho por causa de me apresentarem 25€ + IVA para uma limpeza para assim me poderem diagnosticarem o problema, também me apresentaram despesas de transporte e mais algumas, sei que tudo ficava em 45€, não aceitei o orçamento e mandei vir outra vez o aparelho.Segundo a DECO nós temos razão, mas a partir do momento que aceitamos qualquer orçamento somos obrigados a pagar as despesas de transporte e outras.
    O pior é que eles falam sempre que o problema é devido a falta de manutenção e limpeza do aparelho e pedem sempre os tais 25€+IVA, é realmente triste mas se fosse a si e levantar o aparelho ou então, peça a fotocopia do orçamento e a do valor que lhe estão a pedir para pagar e faça queixa, peça mesmo o livro de reclamações.Boa sorte

  11. Cristina says:

    Ólá Sónia. Agradeço a resposta. Já fiz queixa duas vezes no livro de reclamações e a resposta não é nenhuma. Não percebo para que servem as entidades de defesa do consumidor. Mas neste momento compras na worten não as faço, prefiro comprar on line até porque neste caso era bem mais barato e parece com mais garantias de reparação ou de substituição em caso de avaria. Sou portuguesa e parece que neste país a única coisa que posso fazer é reclamar e divulgar estas tristes situações para que outros não caiam no mesmo. Por isso recomendo que comprem pela net. Se tiver alguma notícia aqui darei conhecimento.
    Cristina

    • João Castro says:

      Boa tarde a todos,

      Mais uma vez procurarei dar aqui um esclarecimento:

      1- Se um robot chegar à assistência técnica da Clever House e se verificar que a manutenção não foi feita correctamente, a Clever House cobra 25,00€+IVA.
      2- Se a Worten ou outra empresa cobra um valor acima, o mesmo não é de nossa responsabilidade.
      3- A Clever House não obriga ninguém a pagar este valor. Se o cliente pretender o robot é devolvido no mesmo estado em que nos chegou.
      4- Não incumbe à Clever House fazer algo que é da única e exclusiva responsabilidade do cliente, neste caso a manutenção/limpeza.
      5- Sem o robot estar com a manutenção feita não é possível correr com o software de diagnostico que permite saber qual o problema do robot.
      6- Em 90% dos casos dos robots que chegam à assistência técnica, em que os clientes aceitam pagar 25,00€+IVA para efectuar a limpeza do aparelho, o problema resolve-se logo ai. Ou seja, 90% das chamadas “avarias” são nada mais que falta de manutenção.
      7- Robots que sejam vendidos por empresas que não sejam clientes da Clever House, não beneficiam da assistência técnica em garantia.

      Para aqueles que têm curiosidade em saber como chegam alguns robots à nossa assistência técnica podem agora consultar o seguinte endereço: http://www.flickr.com/photos/cleverhouse

      Cumprimentos.

      • João, as fotos são de facto esclarecedoras :)

        A quem já comentou por aqui o meu envio do robot para a Alemanha com bons resultados, por favor tenham em atenção que abri e limpei o robot impecavelmente antes de o enviar.

        Foi para lá quase tão limpo como quando o comprei.

        • Marta Almeida says:

          Devo dizer que também limpei o meu quando o enviei para a Alemanha. Aliás, acho uma falta de respeito enviar seja o que for no estado que mostram as imagens, é realmente impressionante. Nunca deixo chegar o meu Roomba aquele estado, nem de perto.

  12. Sonia says:

    Boa noite, eu acabei de ver as fotos,e muito sinceramente fiquei bastante revoltada. Quando enviei o meu roomba para arranjar, ia limpo, até o limpei com um compressor, foi me apresentado pela Worten um orçamento para uma limpeza, tentei perceber onde seria, pois como já disse ia limpo, não aceitei e mandei vir de volta, pois queria saber em que estado estava, até cheguei a pensar que ele tinha aspirado a loja da worten onde o tinha deixado, mas meus senhores realmente estava igual como o deixara. Querendo perceber qual limpeza desmontei ate alguns parafusos, ai sim, vi sujidade.
    O motivo da minha revolta agora, é que o meu aspirador em todas as partes que mostram as fotos ia impecável, e pediram me na mesma o dinheiro da limpeza, porquê???? Só tenho pena foi de não ter aberto a embalagem de como ele estava à frente do empregado da worten para ele ser minha testemunha. Afinal meus amigos, temos sempre que pagar, é uma tristeza.

  13. francisco says:

    Boa noite ao forum,
    Alguém me sabe dizer quais as diferenças entre o roomba 505 e o 520.
    Qual é o modelo mais recente?
    Ambos têm carregador autómatico?
    A dimensão do robot e do depósito é a mesma?
    Obrigado

  14. Ricardo Costa says:

    O que me podem falar acerca do 555? OBrigado!

  15. João Castro says:

    Bom dia a todos,

    Muito se tem falado relativamente à questão da limpeza dos robots. Aconselho o seguinte link para o esclarecimento de qualquer outra duvida:

    http://homesupport.irobot.com/app/answers/detail/a_id/515/p/788

    Cumprimentos.

  16. Ricardo Costa says:

    Bom dia. Gostaria de um esclarecimento se possível. Se quiser limpar apenas a cozinha e colocar na porta uma virtual wall o que acontece ao robô quando acabar a limpeza e a base estiver noutra divisão? Ele para desliga–se?

  17. João Castro says:

    Caro Ricardo,

    Ele desliga-se quando considerar que tem o seu trabalho de aspiração concluído ou quando ficar sem bateria.
    O robot regressa automaticamente para a base se começar o seu trabalho a partir dai e no caso de considerar que o seu trabalho está concluído, ou então se ficar sem bateria. Isto, como é óbvio, se não houver nenhum obstáculo entre o robot e a base.

    Cumprimentos.

  18. Ricardo Costa says:

    Obrigado pelas respostas. JÁ agora eu estou para comprar um destes. É possível que elê comece a limpar e acabe longe da base e não volta? ou normalmente volta a base?

    • João Castro says:

      Caro Ricardo,

      É possível que ele não volte à base se sair para outra divisão. Na mesma divisão, e caso as instruções relativas à base estejam correctas, regressa sempre.

      Cumprimentos.

      • Ricardo Costa says:

        MUito bem. O Irobot funciona bem mesmo que esteja longe da base? Peço desculpa por todas estas questões mas como ainda não o tenho estou bastante curioso e realmente existem poucos.locais onde se pode falar deles com pessoas isentas na opiniao

        • João Castro says:

          Caro Ricardo,

          O robot funciona bem, mesmo que o ponha a funcionar sem base. Relativamente à questão da isenção, não ficaria bem se não lhe dissesse que trabalho na Clever House, que é a empresa que faz a distribuição em Portugal. No entanto primamos pela verdade das informações transmitidas.

          Cumprimentos.

    • sousal says:

      O que acontece é que se estiver longe e com muitos obstáculos, a bateria acaba antes de poder chegar à base.

  19. sousal says:

    Uma situação que me aconteceu mas não sendo problema técnico é que a base deve estar o mais fixa possível, já me aconteceu do aspirador ao acoplar-se faz mover a base e por vezes não fica a carregar.

  20. sousal says:

    Evitem que o aspirador aspire zonas com pelos longos.
    Para limpar as escovas é o caraças.

  21. Gina Geadas says:

    Andava a pesquisar sobre estes aparelhos mas depois do que li fiquei com algumas duvidas que nao sei se me poderao ajudar.
    Qual a diferença entre o modelo 520 e 563?ambos os modelos vao carregar quando acaba a bateria? e ambos os modelos aspiram mosaico e carpetes?
    E onde poderei adquirir este equipamento?
    desde ja o meu obrigada

    • João Castro says:

      Cara Gina,

      Ambos os modelos têm as mesmas funcionalidades.

      A diferença é que o modelo 520 tem autonomia para 80m2 e o 563 para 100m2. O 563 tem 2 paredes virtuais, deposito de lixo suplementar de grande capacidade e as duas escovas centrais sobressalentes. O 520 não tem.

      Se enviar um mail para info@cleverhouse.pt a informar a sua zona de residência poderemos informar qual a loja mais próxima onde poderá adquirir estes robots.

      Cumprimentos.

  22. Daniela Silva says:

    Boa Tarde,

    Estou a ponderar comprar um Roomba. Estive no site http://www.sinwestportugal.com/ onde teoricamente realizam vendas on-line. Os modelos que mais me interessaram foram o Roomba 560 v.2011 – Roomba 561 e o Roomba 610 Profissional. Ambas a descrições parecem-me idênticas, não conseguindo vislumbrar quais as reais diferenças (que devem existir, se não não existiria a disparidade de preços entre os dois modelo que existem). Assim, gostaria que me elucidassem acerca das ditas diferenças.
    Gostaria ainda que me dessem a opinião acerca do local de compra: se on-line, ou presencialmente numa qualquer loja. A questão, é que em termos de preços, parecem ser mais baratos on-line. O que mais me preocupa na compra on-line serão as questões das avarias/activação da garantia. Contudo, já que pude constatar através dos comentários efectuados neste fórum, que as compras presenciais, por exemplo na Worten, não têm surtido os melhores resultados.
    Agradeço desde já os esclarecimentos solicitados.

    Daniela Silva

    • João Castro says:

      Cara Daniela,

      Roomba 560 e 610 já não existem. O 560 foi substituído pelo 555 e o 610 pelo 625, que neste momento não é comercializado por nós em Portugal..
      Poderá ver as diferenças no site da Clever House.
      Relativamente às questões de garantia, comprando online através de um site que não adquira os seus robots à Clever House apenas poderá obter assistência técnica por nosso intermédio fora de garantia, ou seja, mediante orçamento.
      Se comprar a um qualquer cliente de retalho ou à Clever House tem os seus 2 anos de garantia.
      Se seguir os procedimentos de limpeza conforme já foram descritos aqui, com filmes e tudo, não terá qualquer tipo de problema com a activação da sua garantia.

      Cumprimentos.

  23. Denise says:

    Caro João gostaria muito de tirar uma dúvida meu roomba termina a bateria sem pedir a base o que poderia estar acontecendo?

  24. Denise says:

    Boa tarde!!! O que seria de nós sem suas preciosas dicas.Existe um lugar onde possamos ver como se troca a bateria??
    Obrigado por tudo.

  25. Paulo says:

    Boa tarde.
    Parabéns so promotor deste tema. Estou farto de procurar escritos sobre estes robots e este é ouro sobre azul.
    O meu recongecimento também ao João Castro pois, certamente, não tem nenhuma obrigação de dar a assistência que tem dado a todos e por isso todos estão satisfeitos. A questão que coloco é se existe o roomba 581 cá em portugal. Qual, a final, o modelo mais recente ?
    Obrigado.

  26. Paulo says:

    Sorry, acabei de consultar o site da cleverhouse e já sei quais os modelos no mercado. Agradeço somente a explicação sobre o controlo wireless do modelo 581. Para que serve ? como funciona ?
    Obrigado. :)

  27. João Castro says:

    Caro Paulo,

    O controlo wireless do modelo 581 serve para fazer exactamente as mesmas coisas que faz na consola do robot, mas à distância, ou seja programa-lo, função spot, dock, etc.

    Espero ter respondido à sua questão.

    Por favor note que a gama iRobot irá sofrer uma actualização que poderá consultar proximamente no site da Clever House.

    Cumprimentos.

  28. Carla Rodrigues says:

    A 520 pode-se programar para começar a limpar quando estamos no trabalho?

  29. Carla Rodrigues says:

    Estáva a pensar em adquirir uma irobot e consultei o site onde tem para venda Remanufactured iRobot Roomba® e iRobot Roomba® (normal) qual é a diferença? é que a nivel de preço ainda são 100€ de diferença…
    E já agora quanto dura uma bateria?

  30. sonia says:

    Boa tarde para quem quer comprar baterias vão ao site do ebay são muito mais baratas.

  31. Noemia says:

    Boa Noite,
    Tenho um roomba modelo 555 com um ano, nunca tive problemas mas hoje ao pô-lo a trabalhar reparei que ele só anda em círculos, continuamente, sem sair do mesmo sítio. O aspirador está limpo de poeiras, desde escovas às rodas
    Alguém já teve este problema com o v/roomba? o que posso fazer?

  32. Liliana Monteiro says:

    Boa Tarde a Todos,

    Já me socorri deste Blog em tempos (para comprar e para mandar o meu Roomba para a assistência).
    Temos aqui um local muito esclarecedor para quem possui este bichinho tão útil. Obrigada ao Pedro por disponibilizar este espaço.

    Tenho pensado em adquirir um Scooba, mas não conheço ninguém que tenha um. Já ouvi dizer que não pode ser usado em chão de madeira.
    É possível alquém esclarecer-me ou indicar-me um link onde tenha todas as informações?

    Obrigada.

    • Alex says:

      Boa tarde a todos,
      A responder à Liliana Monteiro, já tive essa duvida, mas comprei o scooba, impecável, às vezes nem preciso de passar o roomba primeiro passo logo o scooba, em relação ao tipo de chão tanto uso na cozinha que é pedra como no resto da casa que é madeira, nunca tive problemas, mas é preciso ter atenção caso a madeira não seja envernizada, se for não há problema.

      • Liliana Monteiro says:

        Boa Tarde,

        Obrigada pelo esclarecimento. O meu chão de madeira é envernizado, portanto também não devo ter problemas. Agora é só comprar.

        Cumprimentos.

    • ENRESINADO says:

      Nas especificações da loja21 está a seguinte informação:

      “Agora pode lavar tijoleira, mármore, azulejo, soalho de madeira, soalho flutuante, sem qualquer esforço. O melhor é que faz isto tudo sozinho.”

      Penso que só poderá haver problema se, como já foi dito, for uma madeira não envernizada ou “hipersensível” à lavagem.

      • Liliana Monteiro says:

        Boa Tarde,

        Eu já tinha visto esta informação, mas queria a opinião de alguém que o utilizasse.

        Além de que, eu lavo o chão de madeira com esfregona e nunca tive problemas.

        Vamos lá a investir antes que o PEC nos tire tudo!

        Obrigada e cumprimentos.

  33. DENISE says:

    Caro amigo!!!Tenho algumas dúvidas.
    1- Comprei um novo roomba,pedi que um amigo me enviasse do EUA
    veio sem embalagem mas é igual meu antigo 560 mas ele não reconhece as torres Lighthouse do 1 roomba.
    2- consegui colocar o idioma , mas não consigo as informações faladas
    me ajude por favor

  34. Raquel Lameiras says:

    Bom dia!
    Estou interessada em adquirir um aspirador robot, mas não sei qual seria o melhor modelo e marca, e qual loja seria a melhor para adquirir este robot, se alguém puder ajudar-me, obrigado.

  35. maria papoila says:

    Olá!

    Precisava da ajuda do sr.º João castro, se puder. O meu roomba esta semana ficou sem força, aspira o lixo normal, mas as carpetes não consegue aspirar. Já o desmontei e limpei, mas ficou na mesma. Pode-me dar alguma dica?

    Ainda está dentro da garantia, comprei-o na worten, mas da última vez que o enviei para o arranjo, para além de ter que pagar a famosa “limpeza” ainda tive que comprar 1 bateria nova, o que me ficou numa bela conta!

    Grata pela atenção.

  36. DENISE says:

    CARO AMIGO DEISEI MEU ROOMBA COM MEUS FILHOS E FOI MUITO MAL USADO PARECIA OS DA FOTOS DE TÃO SUJO, AGORA ESTA A RODAR E NÃO TRABALHA VOCE TEM ALGUMA AJUDA?

    • Denise,

      Eu aconselho a verificar todos os pontos de limpeza como mencionado no seu manual de instruções, ou então como nos filmes dos links acima mencionados.

      Caso nada resulte, é possível que já tenha causado alguns danos ao seu robot, pelo que aconselho a contactar a assistência técnica.

      Cumprimentos.

  37. Ana says:

    Boa tarde,
    Tenho uma roomba que está avariada. Não sabia bem porque já pelo que li aqui possivelmente poderá ser por a bateria ter descarregado. Fui de férias e deixei-a desligada…
    Comprei-a num site online e agora não sei como fazer para repara-lá.
    Alguém me pode ajudar?
    Obrigada
    Ana

  38. Emidio says:

    Bom dia.
    Gostaria de aquirir o novo Roomba série 700, que já se encontra à venda aqui na Espanha, Reino Unido, França, etc, para além dos EUA.

    Previsões para Portugal??

    Obg,
    Emidio Gomes

    • Bom dia,

      O único pais onde a série 700 está neste momento em comercialização é os EUA. Na Europa, apesar de alguns representantes iRobot apresentarem no seu site robots da série 700 os mesmos não estão disponíveis para entrega. Estarão disponíveis para entrega em toda a Europa a partir de 1 de Setembro. Portugal não será excepção.

      Cumprimentos.

  39. Marisa says:

    Boa tarde,

    Estou a pensar comprar um roomba 564 ou 770 e tenho andado aqui pla net pra tentar descubrir qual o que se adapta melhor a minha casa. Não tenho cães ou gatos dentro de casa, vivo numa zona de praia e tenho uma criança com 5anos, logo lixo é coisa que reside assiduamente aqui. qual destes modelos devo então aquirir e diferenças entre ambos?

  40. João Castro says:

    Cara Marisa,

    Quer um quer outro são excelentes opcções. Apesar de o 770 ser 50€ mais caro eu aconselho-o, tendo em conta que é um aprelho da ultima geração com tudo de bom que daí advém como uma melhor detecção de lixo, melhor desempenho na navegação, caixa de escovas melhorada, etc.

    Se pretender um esclarecimento mais aprofundado agradeço que envie um mail ao meu cuidado para o info@cleverhouse.pt com o seu contacto telefónico.

    Cumprimentos.

    • Marisa says:

      Bom dia,
      Agradeço desde já a sua atenção, eu já tinha na ideia que o 770 seria a melhor escolha até porque pelo que li tem uma melhor performance em relação a durabilidade da bateria…
      Agora resta-me ver a loja em que consigo fazer o melhor negócio, pois na loja21 o preço é igual ao vosso (cleverhouse), no entanto se for o 564 ja tem uma grande diferença, seria de esperar o contrário não? visto que a cleverhouse não só e destribuidora como tambem unica empresa no pais a dar assistência.

      Cumprimentos

  41. Nelson Batista says:

    não sei se hei-de comprar um roomba ou um aspirador totalmente diferente com o nome de kirby. Qual a vossa opinião?

  42. Caro Nelson,

    Eu sou suspeito, mas se quiser ter o trabalho de aspirar compre o Kirby. Se não quiser compre o Roomba.
    Não creio que sejam comparáveis.

    Cumprimentos.

  43. Lidiane Azeredo says:

    Olá, moro no brasil (Santa Maria-RS) e há muito tempo quero comprar um roomba, onde consigo adquirí-lo no meu país de forma segura e que chegue inteiro em segurança. Gostei da versão 780, posso confiar?

  44. DENISE says:

    Caro amigo!
    Depois de uma fase calma tem problemas.
    MEU ROOMBA 530 NÃO CARREGA NA BASE , NÃO ENTENDO ELE VAI MAS NÃO ATRACA E NEM ACENDE A LUZ .
    SÓ É POSSIVEL RECARREGAR ATRAVES DA MANEIRA MANUAL;

  45. Gina says:

    Bom dia
    Adquiri um roomba 650 a menos de 1 mês e algo me intriga…ele aspira o mosaico e sobe as carpetes excepto a carpete da sala que é a razão pela qual adquiri o roomba pois tenho cao de pelo branco e sendo a carpete preta estão a imaginar como é o meu dilema, né?
    so que o aspirador não sobe a carpete e se eu o colocar em cima da carpete diz a mensagem para eu retirar e mudar de sitio
    alguém me pode ajudar?

    • João Castro says:

      Cara Gina,

      O roomba tem dificuldade a andar em cima de tapetes pretos que não reflitam luz, uma vez que considera o mesmo como um declive e faz activar o sensor de escadas. Sugiro tapar os sensores de escadas com papel de prata, mas depois tenha atenção para ele não vier pelas escadas abaixo.

      Cumprimentos.
      Clever House, Lda

      • Gina says:

        Bom Dia
        precisava que me ajudasse Sr. da Clever House …Fiz o que me sugeriu mas alguma coisa devo estar a fazer mal porque ele com o papel de prata nos sensores não trabalha…:(

  46. Cristina Martins says:

    Boa noite!
    Tenho um roomba 700 há apenas 5 dias. Tenho aspirado praticamente todos os dias e tenho feito a limpeza de manutenção, no entanto hoje o robot não regressou à base depois de aspirar a sala, tendo simplesmente desligado após o ciclo de limpeza. No ciclo de limpeza seguinte o robot andou perto da base mas não regressou a ela, mesmo quando cliquei no botão dock, nessa altura o robot começou a andar em círculos mesmo ao lado da base e não regressou a ela. Após isto, tentei aspirar de novo e o robot, numa das vezes em que se aproximou da base, simplesmente foi contra ela, levando-a pela frente… Será algum problema com a base? O robot poderá não estar a reconhece-la?

    Agradeço a vossa ajuda.

    Obrigada!

    Cristina Martins

  47. João Castro says:

    Bom dia Cristina,
    Tem um espaço de 50 cm livres à volta da dock?
    Desligou e voltou a ligar a dock enquanto o robot estava a funcionar?
    Desligou e voltou a ligar o robot enquanto este estava a funcionar?

    Experimente mudar a dock de lugar. Caso o problema se mantenha entre por favor em contacto com o nosso serviço técnico em sup.tec@cleverhouse.pt

    Cumprimentos.

  48. Rita says:

    Estou a pensar em adquirir um Roomba mas tenho sérias dúvidas que resolva o meu problema.
    Tenho 2 gatos que deitam imenso pelo, o meu tapete da sala se não é aspirado todos os dias, no dia em que os aspiro fico 30m de volta dele. Os ficam impregnados no tapete e para ajudar À festa o próprio tapete tb deita pelo.
    Será que o Romba conseguirá aspirar o meu tapete?
    Disse que tinha 6 gatos, ele aspira bem os pelos dos gatos?
    Cumprimentos,

  49. João Castro says:

    Aconselho a quem tiver questões relativas com a iRobot no Brasil a visitar http://www.irobot.com.br

  50. Gina says:

    Bom Dia
    precisava que me ajudasse Sr. da Clever House …Fiz o que me sugeriu mas alguma coisa devo estar a fazer mal porque ele com o papel de prata nos sensores não trabalha…:(

Leave a Reply

Temas

Categorias