Tiálogos – Quatro

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

Antes de mais nada, filho, acabou-se a numeração romana nos Tiálogos que o teu pai já não sabe como é que há-de andar à cata do último post para saber que número deve ter o seguinte.

Tens quatro anos.

No dia antes de fazeres quatro anos tivemos esta conversa:

РOlha, pai, sabes que dia ̩ hoje?

РṆo filho, que dia ̩?

– Hoje não vou fazer birras, nem fitas, porque já sou crescido!

РAh ̩? Que bom, filho, fico contente!

– Pois! Comi uma carne e umas batatas hoje e depois já fiquei crescido!

Quando eu era pequeno, não havia internet, não haviam computadores pessoais; hoje, os teus avós ofereceram-te um iPod Touch de última geração e tu estiveste a ver vídeos no YouTube, ao lanche.

Aos quatro anos estás muito alto e magro, activo e imaginativo, capaz de contar até 10 na perfeição, até 20 com um ou outro “dezadois” lá no meio e a começar a aprender o alfabeto e a identificar letras, mesmo quando têm formas diferentes do habitual (mais um passo e estás a discutir os méritos do Baskerville itálico).

Os teus brinquedos favoritos são os Bakugan, pequenos bonecos magnéticos que se fecham sobre si mesmo e se abrem, em poses de batalha, quando colocados sobre uma superfície metálica. E, claro, os jogos; na PlayStation 3 ainda vais preferindo ver-me jogar PixelJunk Shooter 2 ou Plants vs. Zombies, mas no iPod, sobretudo agora que tens um, já és tu que jogas Cut the Rope, Angry Birds, Smurf’s Village ou Battleship.

Estás também doido pelo Spider-man. Foi carnaval, recentemente, coisa a que nunca tinhas ligado antes, mas desta vez mascaraste-te de Spider-man na sexta-feira de manhã e só te despiste (e tomaste banho, já agora), no Domingo à noite. Sim, três dias com a mesmíssima roupa vestida e sem tomar banho. Depois, na segunda, voltaste a vestir o fato e só o tiraste no dia seguinte.

Entretanto, no aniversário, recebeste um fato novo de Spider-man, com o qual estás agora a dormir, a primeira noite do teu quinto ano de vida.

Parabéns, puto.

Tags

Deixar comentário. Permalink.

2 comentários a “Tiálogos – Quatro”

  1. asturmas says:

    Ele ler isso daqui a 10 anos vai ser delicioso…

  2. Bruno says:

    Acho que este é, entre muitos outros certamente, um excelente legado que deixas ao teu filho. Adorável. ;-)

Deixar um comentário

Redes de Camaradas

 
Facebook
Twitter
Instagram