Uma coisa que me amofina

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

Tags

Deixar comentário. Permalink.

18 comentários a “Uma coisa que me amofina”

  1. Flávio Moringa says:

    Huummm audio jacks are not the best example…

    http://images.yourdictionary.com/audio-jack

  2. Bruno Silva says:

    Olha que nos jack’s de audio pelo menos 2 formatos existem uns mais grossos (tradicionais 3.5) e outros mais finos que se costumam ver em alguns auriculares!

  3. […] This post was mentioned on Twitter by airdiogo, Marco Almeida. Marco Almeida said: TRUE! Mas nas mini/micro não havia grande solução… RT @pedrocs: Uma coisa que me amofina http://dlvr.it/G03yC […]

  4. sylvia b. says:

    uma boa ideia isso da universalidade;)

  5. Vitor says:

    (estava para comentar este post faz mais de 15 dias!)

    Esta coisa do universal-não-sei-quê faz-me lembrar o mesmo que o VHS em relação ao ex-Betamax… Betamax muito superior e facilmente poderia ter dado origem a um ‘standard’ mas reinou a regra do mais forte/popular embora tecnologicamente masi fraco (se compararmos o USB com o Firewire, por exemplo!)

    Ok, agora a razão do porquê dos 15 dias: Foi precisamente neste ‘post’ que “aterrei” no teu blog, vindo através de um Buzz do Ricardo Santos, onde achei a imagem curiosa e depois, clica aqui e clica ali e lá fui ‘indo’ “andando”…

    Blog FANTÁSTICO! Nunca pares!

  6. Ora bem, ‘aterrei’ neste blogue em fevereiro de 2011, e estamos agora em janeiro de 2019, e vá lá, isto pode até parecer uma pirosice, mas (em parte) é assim que eu também sou.

    Acabei de (mais uma vez) usar-me desta tua fantástica publicação para debater (mais uma vez) a conveniência do conceito USB mas da sua total ausência de “universalidade” quando comparado com a ficha jack.

    Foi no blogue do ‘madruguento’ Carlos Martins, aqui:
    https://abertoatedemadrugada.com/2019/01/pesadelo-dos-headphones-usb-c-pode.html

Deixar um comentário

Redes de Camaradas

 
Facebook
Twitter
Instagram