As bolvitas perdidas

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

Hoje em conversa com o Gnü, perguntava-me ele por produtos que me lembrasse de miúdo que tivessem embalagens potencialmente interessantes. Sem pensar muito nas embalagens fui-lhe dizendo alguns produtos: presto, farinha 33, sabão clarim, bolachas campechanas.

E depois, como é habitual nestas sessões de recordação, as bolvitas. Ainda lhes sinto o sabor, na Rua Mateus Vicente de Oliveira, em Queluz, da mercearia da esquina para casa da minha avó. Bolvitas.

Nunca conheci ninguém que soubesse o que são bolvitas, mas eu sei que elas existiram! E sabiam mesmo bem. Curiosamente, esta minha dificuldade em encontrar quem se lembre de tal iguaria está patente nos resultados do Google pela palavra “bolvitas”. Apenas dois e um deles vem, precisamente, do meu blog.

O outro, um Urso Polar, com mais um ano que eu, também fala em bolvitas e descreve-as como eu penso que terão sido: um cereal de pequeno almoço. Possivelmente umas bolinhas de milho.

Nada mais encontro sobre bolvitas online.

Mas o meu post que menciona as bolvitas, escrito com base numa ideia que li no livro “Microserfs” de Douglas Coupland, fez-me sorrir e não resisto a republicá-lo, cinco anos depois:

Ficheiros do inconsciente

Leram o microserfs? Não faz mal… viveram nos anos oitenta? Já ajuda.

format c:
Tubular Bells
Graphical User Interface
intel inside
loading please wait
calvin and hobbes
Jimi Hendrix
ESBAL
SoundBlaster
“may the force be with you”
móveis baratos
“pulp fiction”
joysticks
sinclair zx spectrum
gravadores de cassettes com botões “save” e “load” em vez de “rec” e “play”
“CorelDRAW!”
“reservoir dogs”
o que é que significa pi?
“doom”
colecções de cromos de animais
cartão da Biblioteca Nacional
Autodesk “3D Studio”
Sega Mega Drive
mouse click
CTRL+ALT+DEL
“wish you were here” dos pink floyd e “stairway to heaven” dos led zeppelin
guerra do golfo em directo
relógios digitais à prova de água
cassettes de audio sonovox
Betamax
gangs
Fiat Uno
revivalismo do revivalismo dos anos 60
linguas de gato e bolvitas
pacotes de papel das antigas mercearias
a revista “photo” com mulheres nuas
teclados HCESAR
teclas dos jogos do spectrum: q-a-o-p-m, respectivamente, cima-baixo-esquerda-direita-disparar
fonts bitmap com 8X8 pixels
andar de baloiço
os tubos de plástico para transportar desenhos afinal não servem para nada
“worms”
aparos de desenho e tinta da china
beavis and butt-head
software pirateado
os troubleshooters só resolvem problemas que não nos acontecem
os que nos acontecem temos que ser nós a resolver
Coca-Cola
favas com sal e tremoços
herpes nasal
“Generation X”
Indiana Jones
James T. Kirk, Spock, Bones, Scotty, Sulu, Checkov e Uhura
lápis de cor viarco
James Bond 007
supino plano
union jack
Cindy Crawford
orgãos Hammond
16 Mb de RAM
vomitar durante a noite
halls mentho-lyptus
grandes lojas de discos em Londres
bolachas belgas com leite condensado
vaca frita com cebola e arroz chao-chao
preservativos rebentados
ren and stimpy
aparelhagens hi-fi de 43 cm.
John, Paul, George e Ringo
auscultadores com múscia em altos berros até às quatro da manhã
o McDonald’s foi a única coisa que me maravilhou em Paris
tudo me maravilhou em Londres
sandes de atum do subway, com cebola, alface, pimento e mayonnaise
“the crow”
comics do batman, “dark knight”
compras de natal
sintetizador Roland D-50
calças Levi’s 501 azuis
parques de campismo atulhados de gente
concertos no estádio de alvalade
world wide web
o apple macintosh não é assim tão bom
imagens pornográficas no computador
rock sinfónico dos anos 70
Lamborghini Countach
SONY
tablatura para guitarra
MTV
o dinheiro é que traz a felicidade
som dolby stereo surround no cine-teatro monumental
LA lakers e Chicago bulls/Magic Johnson e Michael Jordan
“battlestar galactica”
filmes pornográficos com a Traci Lords, menor de idade
“Monty Python’s Flying Circus”
Asterix, o gavlês e Obelix
Ciclopedix, a hiena e Ogordix
aulas de Geometria Descritiva às oito da manhã
caças F-14 TomCat da McDonnel Douglas
telefones de botões
quando achamos que está tudo bem, é porque provavelmente nos esquecemos de alguma coisa
cartão multibanco
InterCapping
Adobe “PhotoShop”
renovar o computador de seis em seis meses
aguarela líquida ecoline
romano, plaeo-cristão, românico, gótico, barroco, maneirista, neoclássico e romântico
o design existe?
pedais de efeitos para guitarra
passear o cão às três da manhã
.ZIP files
o que é arte?
X-Wings e TIE Fighters
televisores nokia 9X16
snoopy e garfield
desenhos animados da warner brothers
D. Afonso Henriques
canetas bic cristal para escrita normal, bic laranja para escrita fina
o que é o belo?
“The Twilight Zone” e “The X Files”
Freddie Mercury
TV por cabo
“twenty first century schizoid man”
viver num quarto com 3 por 5 metros é um convite à bagunça
tostas mistas com laranjina “c”
“com capota, sem capota, ele é jipe e camião”
“message in a bottle” dos police
fazer a cama cansa mais do que correr a maratona
colunas de som enormes com quatro speakers
aquilo que nos parece mau é normalmente bom, se observarmos melhor
adaptabilidade ao som de despertadores para não acordar de manhã
o sonic tem muito mais graça que os super mario brothers
jogos role-play point-and-click da LucasArts
point-and-click, drag-and-drop, look-and-feel
user friendly
floppy disk, compact disc, mini disc e digital versatile disc
o VHS é provavelmente um dos piores sistemas caseiros já inventados
máquinas de calcular com células foto voltaicas
walkman
botas de basketball
Freddy Krueger
“I’ll be back”
16.777.216 cores
máquinas de pinball espanholas a uma peseta cada jogo
1ª classe em Moimenta da Beira, 2ª classe em Mourão e Queluz, 3ª classe em Queluz e Mem-Martins, 4ª classe em Mem-Martins e Almada
riffs de heavy metal, palm muting e power chords
dormir até ao meio-dia não é tanto como parece

Tags

Deixar comentário. Permalink.

22 comentários a “As bolvitas perdidas”

  1. Dirg Diggler says:

    Manimal
    Automan
    Captain Power
    Amiga 500 (grande máquina, o mal foi eu não perceber nada daquilo)
    consola de jogos com 120 jogos gravados
    Tetris
    relógios com calculadora
    etc
    etc

  2. Ricardo says:

    Tempo dos Mais Novos
    Os posters do Correio da Manhã ao Domingo
    Masters do Universo
    Legos
    Playmobil
    Commodore Amiga 500
    Captain Power
    Turbo Pascal
    iddqd iddfa
    Ken Sent me
    Jogos sem Fronteiras
    Bombocas
    Agora Escolha
    Turbo Boost

    Podia estar aqui a tarde inteira…

  3. Matamouros says:

    Shadow Of The Beast
    Demos com 4Kb
    512Kb RAM para Amiga 500 a 11 contos
    Amigaguide
    The Settlers
    Knight Rider (errrrrrr….)
    Autocolantes do Tou (bollycao)
    MC Hammer
    Teknotronic
    e sim… Vanilla Ice… :S
    Jaws
    Bombocas
    Mexico 86 e o Laranjinha
    Urso Misha
    Superman do Christopher Reeve
    e um grande etc……..

    PS: A Traci Lords rulava pa caralho (pode dizer-se caralho aqui?).

  4. “.ZIP files”

    Uh? .ARJ files!

  5. Mas niguém sabe o que eram bolvitas… :)

  6. Matamouros says:

    “.ARJ files”
    Uh? .LhA files!

  7. Vá lá, não comecem a discutir formatos de compressão, isto tem a ver com memórias instantâneas de cada um e não com que formato era melhor :)

  8. Nuno Almeida says:

    Aqui se vê que, contrariando o que eu pensava, já não vou para novo.
    A grande parte destas coisas a minha reacção foi “tchiii…”

  9. Joana says:

    Oh, as bolvitas! Se fechar os olhos também lhes sinto o sabor. Era viciada em bolvitas

  10. Ana says:

    EU lembro me muito bem das bolvitas. Tenho saudades!

  11. signoripriori says:

    Conheci as Bolvitas em puto, hoje por acaso lembrei-me delas e vim ao google fazer uma busca e o que encontro! O blog a relembrar o sabor delas.
    Bolas de milho varias cores com um travo de açúcar.
    Só e pena a curta existência das mesmas, existem sabores que deixam saudades.
    Já agora ainda existe mas não é o mesmo sabor, Milo no tempo em que trazia um jogador na tampa como oferta.

Deixar um comentário

Redes de Camaradas

 
Facebook
Twitter
Instagram