Macacos sem galho

Tiago, 1 ano

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

Parece-me que é obrigatório dizer que nem acredito que já passou um ano e essas coisas todas. E é verdade; estou farto de o repetir: os seres humanos, sendo tridimensionais, têm muita dificuldade em apreender o conceito de tempo.

É por isso que temos estas construções: um ano. Uma volta da Terra em torno do Sol e o Tiago já tem 79 cm de altura e pesa quase dez quilos. Já passa muito tempo a desfolhar os seus livros, já faz piadinhas como fingir que espirra. Já come sozinho, carrega em botões, põe-se de pé, anda apoiado e trepa – ontem quase saiu da banheira sozinho, o raio do puto.

O Tiago é um puto muito porreiro. É divertido e bem disposto a grande maioria do tempo. Tem dias maus, mas isso todos temos e a verdade é que geralmente ele está cheio de energia, curiosidade e vontade de brincar.

Hoje o dia não começou especialmente bem para ele, porque, infelizmente era dia de consulta no pediatra. Apenas as primeiras consultas do Tiago correram pacificamente e ele chegou mesmo a sorrir para o médico. Mas a partir de uma certa altura a coisa virou berraria desde que é deitado na marquesa até que lhe pego ao colo no final.

Está tudo bem com ele, que é o que é preciso e daí para a frente o dia correu bem. Tinhamos a casa decorada com balões e bonecada nas paredes e ele achou piada. A meio da tarde recebeu a visita dos tios Marta e Flip e recebeu prendas dos pais. O conceito das prendas ainda não está muito bem definido na cabeça dele, mas com alguma ajuda já vai rasgando os embrulhos.

É claro que o mais interessante é mesmo o papel de embrulho e há que tentar comer uns pedacinhos, só para testar o sabor.

Depois de uma sesta, começou a festa. Eu comprei frangos no churrasco e apareceram os avós e os tios com prendas. Correu tudo bem: ele adorou o frango assado, não disse que não ao bolo de anos e divertiu-se com as mais variadas prendas.

Às nove e meia estava completamente esgotado e começou a ficar rabugento e agarrado à mãe. Foi directo para a cama e dormiu non-stop até às dez e tal da manhã do dia seguinte.

Foi um bom primeiro aniversário. A nossa casa não fica nada mal decorada com balões e cheia de brinquedos por todo o lado. Gostei e melhor ainda: acho que o Tiago também.

[tags]tiago[/tags]

Tags

Deixar comentário. Permalink.

7 Responses to “Tiago, 1 ano”

  1. Sónia G. says:

    Muitos parabéns a todos!!

  2. Susana says:

    Ora bem…o tempo passa e ainda bem :)
    Parabéns aos papás, mas sobretudo, parabéns ao Tiago!

    Hug*
    Susana

    ps-não queres fazer um post sobre o acordo ortgráfico? Eu estou em pânico com as alterações…

  3. Macaco says:

    Obrigado.

    Susana: o post sobre o acordo está em draft :-)

  4. Nmerdas says:

    Abraço e muitos parabéns à criança e aos pais babados

    ;)

  5. Prima Rita says:

    Parabéns primo!!! Espero que ele se tenha divertido no primeiro aniversário…
    BJS

  6. Ana Nihil says:

    Parabéns!! o tempo voa!

    Aproveito este post para vos deixar uma dica o corte inglês importou finalmente (ainda não tinha visto em mais lado nenhum) aquelas tintas fabulosas, uma cria uma superfície magnética e a outra cria uma superfície tipo quadro de ardósia e dá para escrever com giz e apagar e voltar a escrever.

    acho que são um bom investimento, a magnética acho que só há em preto, mas a para giz há em 4 cores diferentes muito agradavéis, e acho que são um bom investimento, vendem-se em latas pequenos, e por isso é perfeitamente possível criarem um quadro por assim dizer numa parede para ele pintar e escrever à vontade, ou então uma parede inteira ;-)

    bjs para os 3, ana

  7. Vitor says:

    excelente marco! ;)

Leave a Reply