Macacos sem galho

Fajitas com Pico de Gallo

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

O Fernando pediu a receita e como tive que parar um bocadinho para pensar o que fiz, achei que, já agora, punha isto num post.

Aviso já que recorri a um molho de frasco, mas acho que o molho é bem bom e vale a pena. Portanto, aqui fica a receita para fajitas de frango com pico de gallo

Para o frango:

  • 1 kg de peito de frango cortado em pedaços pequenos
  • sal grosso
  • pimenta preta
  • uma cebola grande
  • um pimento vermelho
  • um frasco de molho para fajitas Old El Paso
  • óleo vegetal (pode ser azeite, eu usei girassol)
  • queijo ralado à escolha (usei uma mistura de 3 queijos daquelas para massas)
  • tortilhas de trigo

Para o pico de gallo

  • dois tomates médios
  • uma cebola roxa
  • uma malagueta vermelha ou verde
  • um molhinho de coentros
  • duas limas
  • sal e pimenta

Fajitas:

Aquece-se o óleo vegetal uma frigideira de 28 cm (óleo suficiente para cobrir o fundo) e coloca-se a cebola, cortada em rodelas de forma a que não se sobreponham, salgando todas as rodelas com sal grosso. A temperatura deve ser média-baixa (4 e meio/5 na indução). Deixa-se a cebola amolecer, devagarinho e quando já estiver quase toda transparente, junta-se o pimento vermelho cortado em pedacinhos. Mantém-se a temperatura baixinha e deixa-se cozinhar, mexendo ocasionalmente, uns bons 15 minutos, o pimento vai começar a desfazer-se.

Junta-se o peito de frango e sobe-se a temperatura para média-alta. Deita-se sal e pimenta preta a gosto. Quando o óleo voltar a ganhar temperatura depois de ter levado com o frango frio, deixa-se a coisa ali pouco mais de meio gás (7 na indução) e deixa-se cozinhar o frango muito bem.

Primeiro o frango vai cozer um bocado e depois vai dourar por fora. Quando estiver bem douradinho, tira-se do fogão e adiciona-se o molho, envolvendo-se bem o frango no mesmo. Volta-se a por a meio-gás no fogão e deixa-se cozinhar 10 minutos.

Finalmente, coloca-se uma porção de frango numa tortilha, cobre-se com queijo ralado e leva-se ao microondas 1 minuto e meio para derreter o queijo, junta-se pico de gallo bem geladinho e come-se.

Pico de Gallo

Pico de gallo é a melhor salada do universo e mais além. E é tão fácil de fazer que um gajo até fica a olhar para aquilo e a pensar como é que algo tão básico pode saber tão bem.

Abrem-se os tomates e tiram-se as grainhas, cortando depois tudo em pedacinhos pequeninos. Segue-se a cebola, toda em pedacinhos pequeninos e a malagueta, também em pedacinhos; quem não gostar de picante, pode usar pimento verde, vermelho, laranja, whatever, tem é que ser em pedacinhos pequeninos. Finalmente, os coentros bem picadinhos. Junta-se tudo numa tijela.

Para terminar, o essencial: espremem-se as duas limas e junta-se o sumo. Tempera-se tudo com sal e pimenta, mistura-se bem e refrigera-se, que o pico de gallo quer-se fresquinho.

O contraste entre o quente da fajita e o frio do pico é fenomenal.

Espero que gostem.

Tags

. . . . . . .

Deixar comentário. Permalink.

8 Responses to “Fajitas com Pico de Gallo”

  1. asturmas says:

    Like!
    1Kg de frango da para quantas tortilhas?

  2. hugocardoso says:

    Excelente sugestão, vou ter de experimentar! :)

  3. Flavia Paluello says:

    Experimentei ontem e é divinal. Grande receita.

    Obrigada pela dica :)

  4. Joana says:

    Olá,

    Para o Pico de gallo, faço como tu, mas tempero também com com cominhos.

    Se quiseres dispensar o molho de frasco, faz o Pico de gallo como tu fazes mas, além dos tomates frescos, junta uma lata de tomate pelado trucidados (mas escorre o molho primeiro). Parece nojento, mas fica mto bem.

    Podes tb fazer pure de feijão preto (abres a lata, escorres, e trituras o feijão). E aqueces depois ao lume (e podes tb temperar com cominhos, um pouco de coentros, até cebola picadinha).

    Eu só meto o bedelho pq esta é daquelas receitas que eu faço mesmo bem. Acho que o meu marido se casou comigo por causa dela. Mas mais importante: foi a única que a minha sogra me pediu!

  5. asturmas says:

    Exprimentei hoje (com algumas subtracções de ingredientes) e sem a lima e estava delicioso… Tenho de voltar a fazer com lima!

Leave a Reply