Macacos sem galho

Falsidade na obra

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

Falsos são os tectos, da cor do limão… ou algo do género.

Não sei bem se conte o dia 24 como dia de trabalho, por ser S. João, feriado Municipal em Almada e antes disso não passei na obra porque fui à festa de fim de ano do Tiago.

Quando cheguei ao prédio ao fim da tarde para ver como estavam as coisas dei com placas de gesso cartonado Gyptec na escada – ou seja, o tecto falso para o corredor, hall e casas de banho.

Esta foi a novidade do dia: na casa, praticamente toda a armação para montagem do dito nos tectos está colocada e mais: está também na cozinha – algo que não esperávamos encontrar, mas que deve ter sido opção para esconder tubagens e simplificar a instalação de iluminação já que eu pedi 5 pontos de luz no tecto da cozinha.

Além disto, o chão do terraço está quase completamente colocado, já há cabo de TV no armário onde vai ficar o bastidor e muito do cabo eléctrico já está passado para as tomadas, interruptores e alguns candeeiros. O velho quadro eléctrico está montado na nova caixa, com o contador virado para fora – creio que temporariamente, enquanto não se substitui os disjuntores por novos.

Finalmente, a banheira está montada e ligada ao esgoto, faltando apenas colocar os azulejos à volta.

Entretanto, ontem o infalível e incansável Fernando Afonso trouxe do Algarve, as nossas torneiras Grohe que ele fez o enorme favor de encomendar ao seu fornecedor habitual, poupando-nos mais de 800 euros sobre o preço que tínhamos para as ditas. E ainda foi possível ligar para o Leroy confirmando que já lá está tudo, excepto o armário do lavatório da casa de banho grande.

Tags

. . . . . . . .

Deixar comentário. Permalink.

4 Responses to “Falsidade na obra”

  1. jpalhais says:

    fotos , queremos fotos , LOL

  2. jpalhais says:

    o esquentador é a gás ? pergunto isto porque nunca falaste em tubagem de gás.

Leave a Reply