Macacos sem galho

Show me MORE!

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

Há uns tempos atrás tive uma ideia que me pareceu extremamente útil para Stumblers ávidos e outras formas de vida viciadas em web browsing.

Imagine-se que andamos a fazer um trabalho académico de pesquisa sobre a evolução das relações entre mulheres. A evolução da expressão do lesbianismo na nossa sociedade: continuamos perante um taboo? Haverá maior abertura mental, hoje em dia? É verdade que a homossexualidade feminina é menos mal vista que a masculina?

Todas estas questões carecem de investigação e, sem dúvida que um bom trabalho de investigação não fica completo sem um bom suporte visual.

Fazemos um Stumble razoavelmente refinado e deparamo-nos com esta bela demonstração de amor feminino, também conhecido por girl-on-girl action:

Exemplo de imagem de estudo. (clicar para consultar)

Notarão, os mais habituados a este tipo de investigação, que o url apresenta um número, neste caso, 00001. E saberão, também esses mais experientes nestas lides que existe uma grande possibilidade que a imagem pertença a uma colecção.

Comportamento habitual: editar o URL e substituir 00001 por 00002. Aha! Uma segunda imagem!

Mas… quantas existirão? 10? 500? 90.000?

É uma chatice ter que passar o tempo a editar o URL para substituir o número e consultar as imagens, uma a uma, até que o servidor devolva um not found. E a situação é, por vezes, pior. Por vezes aterra-se na imagem 45 de uma colecção e é preciso, não só andar 44 para trás, como depois do 46 para a frente, explorando.

Mas pronto, chega de explicação e chega de sofrimento! Chegou o Show me more!

A ideia é que, ao aterrarmos num url como http://mayk.pl/~kaczor/pussy/09.jpg, possamos navegar quer para http://mayk.pl/~kaczor/pussy/08.jpg, quer para http://mayk.pl/~kaczor/pussy/10.jpg sem ter que ir editar o URL à mão. Lancei o desafio ao Gamboa e ele, por sua vez, lançou-se de cabeça, num frenezim programativo e criou uma verdadeira obra de arte.

A coisa materializou-se sob a forma de uma extensão para Firefox (o único browser que vale a pena…) que pode ser adquirida aqui.

Ficarão com uma toolbar (ou, se preferirem, podem desligar a toolbar e costumizar a toolbar default do FF, colocando lá os botões), com três botanitos: um para ver a imagem anterior, outro para ver a imagem seguinte e, finalmente, a pièce de résistance: o show all. Com este último, receberão um belo popup com todas as imagens que o script encontrar, associadas ao URL inicial.

Há alguns to-dos e ocasionalmente o browser poderá passar-se se a quantidade de imagens for muito grande e usarem o show all. Vão dando uma vista de olhos por aqui e pelo blog do Gamboa, para obterem updates (um dos to-dos é precisamente o auto-update).

Citando Quagmire: heh, heh… alright!

[tags]show, me, more, firefox, extension, extensão, imagens[/tags]

Tags

. . . . . .

Deixar comentário. Permalink.

7 Responses to “Show me MORE!”

  1. Danger says:

    quero dar dinheiro a esse sr. a seguir à criação da própria internet em si está esta magnifica e util extensão

  2. Nmerdas says:

    Depois do modo “hands free” que ele apresentou no SAPO CODEBITS … posso afirmar que esse senhor é o Quagmire himself

    ehehehehe

  3. Pedro Rebelo says:

    Que mais dizer para alem de “sois uns génios”???

  4. Macaco says:

    Oh pá, obrigado. Estamos orgulhosos.
    Já agora, se vos apetecer vão até aqui

    http://www.nitrodesign.com/designforlife/?p=72

    E dêem uns diggs à malta.

  5. Ivo Gomes says:

    mais fácil do que isso (e funciona em qualquer browser) é criar uma bookmarklet em javascript que faz isso:
    <a href=”javascript:(function(){%20var%20e,s;%20IB=1;%20function%20isDigit(c)%20{%20return%20(%220%22%20<=%20c%20&&%20c%20=0;%20–e)%20if%20(isDigit(L.charAt(e)))%20{%20for(s=e-1;%20s>=0;%20–s)%20if%20(!isDigit(L.charAt(s)))%20break;%20break;%20}%20++s;%20if%20(e<0)%20return;%20oldNum%20=%20L.substring(s,e+1);%20newNum%20=%20%22%22%20+%20(parseInt(oldNum,10)%20+%20IB);%20while%20(newNum.length%20+

    (não sei se vai funcionar aqui no comentário…)

  6. gamboa says:

    Ivo, por onde começo?

    – Pela parte em que o código é como ir do Cais do Sodré até Belém via Bragança?
    – Pela parte de que não é para te ofenderes e não estou a provocar niguém?
    – Pela parte de que achas que a primeira coisa que pensei não foi um bookmarklet?
    – Pela parte de como raio se ve as imagens que existem antes e depois no “view all”?
    – Ou pela parte de querer continuar com novas funcionalidades?

Leave a Reply