Macacos sem galho

Tiálogos IV. A primeira birra.

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

Tiago, vais fazer-me passar más figuras. Ando eu a dizer a toda a gente que tu és a encarnação da paz e tu resolves começar a fazer birrinhas à noite, porque não te apetece dormir.

Ironicamente, não fazes mais nada o dia todo, senão dormir.

De terça para quarta-feira passada, resolveste que não querias ficar no berço à noite e sempre que te deitávamos, começavas a resmungar. Se não te ligassemos nenhuma, começavas a gritar, como é evidente. Então, o teu pai – que sou eu – decidiu levar-te para a sala e ficar contigo ao colo a noite toda, a ver tv.

Não imaginas o que eu aturei, puto. A noite toda a ver infomercials e documentários manhosos. Às seis da manhã, levei-te de volta para a tua mãe te aturar um bocado e fui dormir duas horas.

Depois tive que me levantar para ir para Lisboa fazer acupunctura e buscar a papelada para a Segurança Social, por causa da licença de paternidade. Já viste o incómodo que é, armares-te em difícil?

Vê lá se não podias fazer o favor de continuares a portar-te bem? É que estás quase com três semanas, já tens idade para perceber estas coisas.

[tags]Tiago,birras,Tiálogos[/tags]

Tags

. . .

Deixar comentário. Permalink.

2 Responses to “Tiálogos IV. A primeira birra.”

  1. Insano says:

    Deixa de ser invejoso e passa-lhe o comando da PS3 para a mão…
    ;)

  2. Ana Nihil says:

    tiago – 1
    pais – 0

    ;-)))

Leave a Reply