31.4

Publicado em , por macaco

Este post faz parte de uma coleco, mas pode ser lido separadamente.

So nove e um quarto da noite, estou semi-nu, na minha varanda, com o Lucifer a tentar avanar com mais um dicionrio da BME, mas esto 31.4 graus Celsius.

Durante a noite fiz o que pude para conseguir dormir com a temperatura sempre uma ou duas dcimas acima dos 29 e durante todo o dia a temperatura dentro de casa oscilou entre os 29 e os 30. No sei quanto esteve na rua, creio que qualquer coisa entre os 38 e os 39.

O calor torna-nos estpidos e agressivos. Possivelmente porque na verdade, como disse hoje o homem do ar condicionado, no estamos habituados a este calor, que surge de vez enquando, uma ou outra semana, ao acaso na primavera ou no Vero. A ltima vez foi em Maio, chegaram a estar 33 graus na nossa sala de trabalho e o Quantum Fireball da Dee fez jus ao nome e queimou.

Talvez se vivessemos no Norte de frica, estivessemos mais adaptados a estas temperaturas, assim puro sofrimento. Alis, mesmo quando no estamos no meio de uma vaga de calor… bastante mau, no esto 29 graus dentro de casa, mas esto 26 ou 27, o que j chateia.

Isto, juntamente com o facto de estarmos a escassos dias de entrarmos de frias, torna-me extraordinariamente improdutivo e fico simplesmente a brutificar-me em frente ao monitor o dia todo, gritando impromprios ao clima ocasionalmente.

Ao fim do dia metemo-nos no carro e fomos Regiclima, para avanarmos com o processo da compra de trs mquinas de ar condicionado Daikin, que, espero, nos salvaro desta calor inacreditvel, pelo menos durante o tempo que estamos em casa.

Estava portanto aqui a tentar avanar com uns textos novos; sinceramente no sei se consigo… ainda por cima o Lucifer aquece que no brinquedo. Bom, vou tentar…

Tags

Deixar comentário. Permalink.

Deixar um comentário

Redes de Camaradas

 
Facebook
Twitter
Instagram