Macacos sem galho

Primeira ida ao cinema

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

Só para que fique registado, durante quatro anos e uns meses não foste ao cinema. Até que um dia, em Junho de 2011 pediste para ir ver o Panda do Kung-fu 2.

Como pediste, eu levei-te.

Fomos os dois ao cinema Zon Lusomundo do Almada Forum, pagámos 11 euros pelos dois bilhetes e jogámos duas partidas de matraquilhos, cá fora, antes do filme. Eu ganhei, 3-1, mas a mesa era uma porcaria e tu marcaste pelo menos dois golos que não entraram porque o tampo era inclinado.

Paguei um euro por cada jogo e no fim, ganhámos 4 bolinhas de borracha, duas por jogo.

Fomos à sessão de dia 20 de Junho, segunda-feira, às 13:10. O que seria aceitável se  o cinema não passasse meia hora de publicidade antes do filme começar. Escolhi a versão dobrada, para que percebesses tudo e optei por uma sessão digital, por oposição ao 3D, já que era a tua primeira ida ao cinema e eu esperava o pior: qualquer coisa tipo ida ao oceanário, ou seja, nós pagamos as entradas, tu sobes a rampa, entras, vês o tanque e queres sair.

Na cadeira ao teu lado sentou-se outro rapaz, talvez um ano mais velho, que te ofereceu água e pipocas, que devoraste com prazer. Foram ambos de uma civilidade acima da média, trocando o pacote de pipocas entre os dois como cavalheiros.

Tendo em conta a expectativa que eu tinha e que descrevi no penúltimo parágrafo, tudo correu extremamente bem.

Vimos cerca de metade do filme, depois começaste a bater com a cabeça no encosto, levantaste-te para brincar com a mola da cadeira, mudaste de lugar para a minha direita, depois mudaste de fila, para mais perto do ecrã e depois disseste que estavas cansado e fomos embora comer um gelado.

Correu muito bem, eu fiquei foi curioso para saber como é que o Po derrota o Mestre Shen, mas não há azar, o pai já resolve isso…

Tags

. . . . .

Deixar comentário. Permalink.

2 Responses to “Primeira ida ao cinema”

  1. Natacha Martins says:

    Oh man! That was sweet!

  2. airdiogo says:

    Acho que tive mais sorte que tu. A primeira ida ao cinema do meu mais velho correu de uma forma que nem nos meus melhores sonhos podia imaginar.

    Esteve sentado todo o filme, viu com atenção e em silêncio. E gostou.

    Nunca mais voltou a fazer isso depois desse dia. :)

Leave a Reply

Temas

Categorias