Macacos sem galho

Jantar sem Bimby

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

Estive quase para pegar na Bimby e fazer, para o jantar, uma receita que costumo fazer com tachos e panelas, mas depois de uns 10 minutos a puxar pela cabeça, sinceramente, não consegui descortinar qual a vantagem de usar a Bimby para o Macarrão Big Chef.

Depois fiz um esforço maior, pensei mais e lembrei-me que no fim, seria obrigado a andar a tirar bocados de ingredientes debaixo das lâminas da máquina e conclui que fazer o jantar na minha velha panela com mais de 12 anos era mesmo mais prático.

E já agora, deixo-vos com a receita, claro.

Há muitos anos atrás, o meu amigo Rui Batista, companheiro de cantoria nas dantescas aulas de Geometria Descritiva da ESBAL, ensinou-me este simples, mas delicioso prato que ainda por cima é flexível e permite adicionar ingredientes e alterar a receita conforme o apetite da malta.

Macarrão Big Chef:

  • 250 g de macarrão riscado (ou outra massa qualquer)
  • 1 embalagem de cubos de fiambre
  • 1 embalagem de queijo ralado (mozzarella, por exemplo)
  • 1 ou 2 dentes de alho
  • manteiga qb
  • cogumelos (a gosto, eu uso um saco inteiro, congelados)
  • ketchup
  • mostarda
  • óregãos
  • 1 pacote de natas (eu uso de soja, but whatevs)

Derrete-se a manteiga num tacho, atira-se o alho lá para dentro até deitar aquele cheirinho bom e depois juntam-se os cogumelos para saltear.

Põe-se água salgada ao lume à qual se junta a massa para cozer conforme as instruções da embalagem.

Quando os cogumelos estiverem passadinhos (velocidade olhómetro, temperatura qualquer), juntam-se os cubinhos de fiambre que sobrarem depois do puto ter estado a rapinar a embalagem.

Adiciona-se 1 colher de sopa de mostarda e 2 de ketchup ou mais ou menos de cada ingrediente, conforme preferirem. Mistura-se, velocidade colher de pau à mão ou de plástico, se preferirem. Juntam-se óregãos e deixa-se apurar 1 minuto ou 2 – deve começar a cheirar bem.

Juntam-se as natas, mistura-se tudo bem e deixa-se engrossar a gosto.

No fim, se estiver tudo sincronizadinho, a massa deve estar pronta na altura em que o resto já está porreirinho. Escorre-se a massa e junta-se-lhe o queijo na panela onde cozeu. Tapa-se uns 2 ou 3 minutos para o dito derreter.

No fim, deita-se tudo para dentro do molho e mistura-se bem.

Convém ir mantendo os putos à distância durante o processo porque eles vão querer devorar esta treta mesmo antes de estar pronta. Fica BOM.

Dá para misturar bacon, azeitonas, cubinhos de cenoura, tomate, etc, etc… é muito fácil adaptar esta receita.

Tags

. . . . .

Deixar comentário. Permalink.

One Response to “Jantar sem Bimby”

  1. jpalhais says:

    De facto isso na bimba não é viável. Gostei especialmente da “(velocidade olhómetro, temperatura qualquer)”
    Bom Apetite.

Leave a Reply