Macacos sem galho

Joanalogias—Um mês

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

E assim, sem mais nem menos, a Joana completou um mês. E nem foi hoje, foi no dia 14 de Agosto, como é evidente.

A Joana é muito calma, apesar de exigente como qualquer recém nascido. Mas chora pouco; até durante a noite é raro chorar, quando acorda para mamar, vai resmungando até acordar a pobre da mãe que lhe pega, dá de mamar, muda a fralda e volta a colocar no berço.

Chega a haver alturas em que eu nem acordo, porque não dou por nada.

Noutras alturas, apercebo-me e depois da Joana estar a dormir ainda resmungo também, a ver se uma daquelas magníficas mamas me vem parar à boca, mas… não.

Mas não me custa deixar o exclusivo mamário para a minha filha que cresce a olhos vistos e parece ir pelo caminho do irmão que, aos 3 anos e meio está ainda no percentil 95 de altura.

Claro que se é raro a Joana chorar, quando o faz, é com afinco, lembrando-me claramente a serra circular do carpinteiro que, na casa nova, vai cortando tábuas para fazer acabamentos.

Acima de tudo, a Joana é linda e a mãe capturou isso mesmo na foto que lhe tirou hoje. Por isso, em vez de continuar com conversas, aqui fica a Joana com um mês.

Joana, 1 mês

Tags

. .

Deixar comentário. Permalink.

6 Responses to “Joanalogias—Um mês”

  1. Bruno says:

    Efectivamente. É um bébé lindo, pai babado! ;)

  2. Prima Inês says:

    Nem há dúvida…é uma bebe LINDA!!

  3. É a cara do irmao, mas em feminino :)

    Usaram o mesmo molde e quase a mesma fórmula :)

Leave a Reply

Temas

Categorias