Macacos sem galho

A festa de anos do Tiago

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

O Tiago ainda não fez anos, mas como eu não vou cá estar no dia em que faz, decidimos fazer a festa de anos antecipada este Sábado.

No dia anterior descrevi-lhe com entusiasmo o que se passaria no dia seguinte e ele respondeu-me sem hesitação: “Tiago não quer festa”.

Se eu fosse supersticioso diria que era um sinal porque quatro ou cinco horas depois de me ter dito isso, acordou, 3:30 da manhã, todo vomitado.

Daí até quase de manhã vomitou mais cinco vezes.

A mãe mudava-lhe a cama enquanto eu o limpava e tentava acalmar. Depois de um vómito caía à cama que nem uma pedra. Na última crise já não havia lençóis e acabou por adormecer em cima de um resguardo daquele impermeáveis, sobre o colchão.

Acabou por dormir de manhã, até às 10:30 e daí para a frente esteve bem. Acabou mesmo por comer bolos e sandes e gelatina na sua festa e não voltou a vomitar nem a dar sinais de estar enjoado.

Mas não se pode dizer que tenha estado entusiástico, embora tenha adorado as prendas, estava visivelmente exausto da noite que teve e não deu muita confiança, especialmente ao primo Gabriel, que lhe deu uns empurrõezinhos como os que ele lhe costumava dar aqui há uns meses atrás decretando imediatamente que onde estivesse o Gabriel não estava o Tiago, apesar das tentativas dos adultos para que eles se entendessem. Haverá tempo para isso quando ambos forem mais crescidos, certamente.

O saldo final foi positivo, mas se o Tiago tivesse passado uma noite normal, tenho a certeza que se teria divertido mais.

A noite de Sábado para Domingo decorreu sem incidentes e esteve bem Domingo o dia inteiro. Agora tenho que respirar fundo e preparar-me para, em breve, me separar do meu filho (e da minha grávida mulher, já agora), durante uma semana inteira.

Compensação: precisamente no dia em que volto vamos à ecografia morfológica ver a… nossa filha.

Tags

. . . .

Deixar comentário. Permalink.

Leave a Reply

Temas

Categorias