Macacos sem galho

Tiálogos XII. Cinco meses.

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

Hoje fazes cinco meses e temos a impressão que te estão a começar a crescer os dentes.

Hoje durante o banho – que adoras – começaste a berrar desesperadamente e foi difícil acalmar-te. Não conseguimos perceber o que tens e dói como o caraças ver-te chorar assim. Estarás com dores de barriga? Terás efectivamente os dentes a romper?

Pela maneira como vorazmente atacas os teus bonecos, parece que sim, mas ainda não é possível ter a certeza. Mas o tempo não pára e portanto, mais tarde ou mais cedo, vais mesmo ter os teus primeiros dentes.

Não me importava que me doesse a mim, para não te doer a ti. Por muito que compreendesse a protecção dos pais aos filhos e a preocupação com o seu bem estar e conforto, nunca imaginei que fosse tão primária a necessidade de te proteger.

É um instinto demasiado antigo, demasiado enterrado nos genes, para ser ignorado. Ou então sou eu que sou um tenrinho…

Mas ao ver-te sofrer, por (relativamente) pouco que seja, não consigo conceber como é que algumas bestas maltratam os filhos… é de facto preciso ser-se uma classe de ser humano muito baixa para ser assim tão desprovido de empatia.

Felizmente, estas crises de choro não dominam propriamente o teu dia e ainda menos a tua noite: tens dormido 9, 10 e até 12 horas de noite, na maior. Portas-te quase sempre bem, o que significa que protestas pouco, no geral, excepto quando tens muito sono ou as tais dores inidentificáveis. Ris-te, “falas” à brava, metes tudo o que podes na boca e adoras estar de pé e ser levantado no ar.

A tua forma de relaxamento preferida são passeios. Podem ser passeios pela casa, ao colo, ou passeios por Almada, no canguru, desde que possas olhar à volta e andar de um lado para o outro, a coisa é sempre altamente calmante.Vamos dar voltas pela cidade contigo durante uma hora, sempre sem incidentes. Aliás, da última vez, acabaste mesmo por adormecer na última parte do passeio.

E que mais? Ao fim de cinco meses… gostas de banho, gostas de papa e de puré de fruta de boião. De sopa só gostas se for feita pela avó Mila (porque será…?) e fruta fresca ainda não comeste muita, porque ainda não conseguimos  preparar-ta como deve ser.

Que simples que é a tua vida neste momento, hem? Aproveita que isto depois complica-se!

[tags]tiago,tiálogos[/tags]

Tags

Deixar comentário. Permalink.

Leave a Reply

Temas

Categorias