Macacos sem galho

Mais de três horas de serious guitar wanking

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

Acabo de voltar do concerto do Steve Vai na Aula Magna da Reitoria da Universidade de Lisboa.

Fiquei na terceira fila, bem ao centro, que é o mesmo que dizer que vi claramente o Floyd Rose das Ibanez do Vai a bascular nos seus eixos.

O concerto durou umas três horas, incluindo uma primeira parte brilhante de um tipo, de quem lamentavelmente não apanhei o nome, sozinho com um combo Legacy e uma velha strat que dedilhou durante 20 minutos de grande gozo.

Depois o Vai, acompanhado de dois violinistas/teclistas, guitarrista, baixista e baterista. O que dizer? Não sei muito bem, ainda estou meio abananado… em parte por causa da tortura auricular, claro e em parte porque estou aqui a olhar para a minha Fender e a minha Hamer, lado a lado, encostadas à parede e a pensar… “mas como é que é possível…?”

Tenho fotos e vídeos, feitos com o telemóvel… mas arrependi-me de não ter levado algo mais, já que várias pessoas estavam a filmar e a fotografar o concerto todo, sem problema nenhum. Mas não faz mal… o que conta mesmo é a experiência. E se alguém sabe dar espectáculo, é aquele gajo.

[tags]steve,vai,aula,magna,lisboa[/tags]

Tags

. . . . .

Deixar comentário. Permalink.

One Response to “Mais de três horas de serious guitar wanking”

  1. balsagoth says:

    Chama-se Zack Wiesinger! Fabuloso o concerto, pelo menos na casa da musica!
    Tens videos e fotos minhas do concerto no Porto em http://www.balsagoth.pt.vu

Leave a Reply

Temas

Categorias