Macacos sem galho

Tentando chegar às férias

Publicado em , por Pedro Couto e Santos

A minha tia Bela faz anos hoje, parabéns! Fiz-lhe um postal de aniversário com o Gore e o Bush a pararem de contar votos para cantar os parabéns, muito actual, sem dúvida.

Aproxima-se a minha merecida semana de férias e estou vaporizantemente a tentar deixar tudo acabado, para não me preocupar. Até agora não está a correr mal de todo, mas hoje fiz 35 coisas sempre à pressa e ainda não tenho a certeza onde me terei enganado redondamente. :)

Ao fim do dia fui para o Gongfu, uma aula excelente, com uma hora de aquecimento com mais de 100 abdominais, 130 flexões, treino de reflexos, 170 agachamentos, enfim, uma festa. Depois treinámos fighting forms, que é uma das coisas mais divertidas, dentro do que já treinei. Consiste em diversas formas de braços, com parceiro, por exemplo: “eu soco-tu defendes-tu socas-eu defendo” ou “eu soco-tu defendes-eu soco com a outra mão-tu defendes-tu socas…” Por aí fora. É um exercício para mecanizar os movimentos e passado algum tempo, algumas pessoas começam a fazê-lo mesmo rápido, very nice.

Voltei para casa completamente podre. A Dee estava a ver o “Saving Private Ryan”, que acabei de ver com ela, pela terceira vez. Ela não gostou especialmente, eu continuo a achar que é um dos melhores filmes que já vi, só tirava a continência e a bandeira americana a esvoaçar ao vento no fim, provavelmente.

Já perto da uma, resolvi vir até ao Amarok ver o mail e, oh joy, tinha trabalho para amanhã de manhã. Mais uma noite até às 4, mas pronto… pelo menos agora o trabalho está muito perto de acabado, senão mesmo acabado, pelo menos da minha parte.

Nem quake joguei.

Deitei-me completamente arrasado, amanhã tenho que me levantar cedo para ligar para o banco e saber se tenho os papéis para poder avançar com o arrendamento do maldito escritório! Raios, se eu soubesse que era uma complicação tão grande tinha comprado uma tenda e já tá: escritório instantâneo! Ainda aproveitava para vender bifanas e minis aos transeuntes.

Tags

. . . .

Deixar comentário. Permalink.

Leave a Reply

Temas

Categorias